Desde problemas de abastecimento até o risco de cancelamentos de lançamentos, onde chegaremos?

A Organização Mundial de Saúde já categorizou o Coronavírus (Covid-19) como uma pandemia. E lógico que isso afeta as operações na indústria automotiva, desde a produção até mesmo os lançamentos de mercado. Aproveitamos o assunto para fazer uma análise sobre os efeitos até mesmo no preço dos automóveis nos próximos meses.

A paralisação da China é uma das principais causas. O país fornece componentes, principalmente tecnológicos, para diversos fabricantes. No Brasil, há estoque para cerca de 30 dias de produção, o que significa uma provável paralisação de linhas pela falta dos componentes. Mesmo que a Chine retome os trabalhos em breve, ainda haverá um período de desabastecimento, mesmo que seja curto. 

Ao mesmo tempo, vemos as bolsas de valores ao redor do mundo despencando e moedas como o dólar em alta irão afetar os preços dos automóveis. Desde os nacionais com peças em moedas estrangeiras até importados, todos passarão por reajustes nos próximos meses. E não só pelo Coronavírus, mas também pela briga do petróleo entre Arábia Saudita e Rússia. 

Os próximos meses serão agitados. Alguns salões e lançamentos já foram adiados e eventos cancelados para evitar aglomerações de pessoas em locais fechados. A agenda de lançamentos desde ano deve passar por diversas mudanças pelo menos nos próximos meses, seja por agenda, produção ou preços. 

Participam desta edição:

Ouça nosso Podcast gratuitamente nas plataformas

 

Edição: Paulo Henrique Trindade