Não apenas de Ranger, Bronco Sport e Maverick viverá a Ford no Brasil. Retornando ao segmento dos comerciais, a Transit Minibus é o primeiro lançamento de uma série que serão feitos de olho neste público, começando com as versões para passageiros em 5 configurações, variando de teto baixo, teto alto e a capacidade. 

Tivemos nosso primeiro contato com a Ford Transit Minibus na pista da Goodyear, no interior de São Paulo. A nova aposta da Ford é produzida no Uruguai, mas segue os mesmos padrões encontrados na Europa e a marca quer colocar isso como um dos principais diferenciais diante de concorrentes fortes, além de um motor turbodiesel mais potente e diversos sistemas de segurança.

Ford Transit Minibus
Ford Transit Minibus

O que é?

É a segunda vez que a Transit é vendida no Brasil. Nesta geração, a quarta global, ela integra tecnologias de carros de passeio em prol do profissional que estará por horas ao volante, além de garantir a segurança dos ocupantes e dos demais motoristas pelas ruas. Visualmente, não há como fugir: é uma legítima van, no Brasil com 2 opções de comprimento e altura do teto, totalizando 5 versões com diferentes capacidades de passageiros. 

A Transit Minibus tem capacidades de: 17+1 ou 18+1, maior comprimento e teto mais alto, além da rodagem dupla no eixo traseiro, 14+1 ou 15+1, menor no comprimento e altura e rodagem simples, e a vidrada, sem bancos para adaptações por empresas terceiras. Em 2022, ainda terá a versão furgão e a elétrica, e-Transit. 

Ford Transit Minibus

Daqui em diante, tudo é igual para todas as versões. O motor 2.0 turbodiesel EcoBlue tem 170 cv e 41,3 kgfm de torque, está já a 1.750 rpm até 2.500 rpm. Usa o Arla32 e está dentro das regras de emissões do Proconve 7 e, completando o conjunto, câmbio manual de 6 marchas e tração traseira. Ajudando na economia de combustível, sistema start/stop, direção elétrica, alerta de trocas de marchas e pneus de baixa resistência ao rolamento, além do seletor de modos de condução (Normal, Eco e Escorregadio).

A Ford Transit se diferencia pelas tecnologias. Vindos dos carros de passeio, a van tem alerta de colisão com frenagem automática, piloto automático adaptativo e alerta de saída de faixas, sistemas que auxiliam o motorista na condução, aumentam o conforto e, claro, a segurança, principalmente por ser um veículo grande, pesado e, que em boa parte do tempo, anda lotado de pessoas - que irão agradecer o estribo retrátil na porta lateral. 

Ford Transit Minibus

Como anda?

Poucas vezes dirigimos um veículo como uma van em nosso dia a dia. Só por isso, dar ao menos algumas voltas com a Ford Transit já seria algo bem diferente. Mas alguns pontos chamam a atenção nos cuidados da marca, mesmo tratando de um veículo comercial. O acabamento é equivalentemente bom, e o visual até remete a um carro de passeio.

Volante, painel e até mesmo uma central multimídia com Apple CarPlay e Android Auto com tela de 8" nos lembram alguns modelos de passeio da marca. Aliado ao sistema multimídia, o FordPass que, além de ter um contato direto com o 0800 da marca, se conecta a um aplicativo no smartphone para monitorar aspectos como consumo, autonomia, manutenção e, não apenas para uma unidade, mas para uma frota. Há a opção de contato direto com a oficina, para a resolução de problemas remotamente. 

Ford Transit Minibus

A posição de dirigir não é como a de um carro de passeio, mas confortável e fácil de achar a melhor combinação com as regulagens do banco e volante. Os comandos estão na área de visão do motorista, assim como diversos porta-objetos. Chama a atenção os engates precisos do câmbio, melhor que de muitos carros de passeio, e a embreagem fácil de modular e leve. 

E a Transit tem boa estabilidade mesmo em velocidades mais altas, como rodovias. A calibração da suspensão não prejudica o conforto, obviamente, mas sem ser aquela van que balança com o vento ou a qualquer ondulação. O isolamento acústico é muito bom tanto para motor, que vibra pouco, quanto para barulhos externos de rodagem. Conforto para o motorista e os passageiros, que estão pagando. 

Quanto custa?

A Ford não divulga os preços da Transit pela variação de opções, além da forma de compra de cada consumidor. Já com bom pacote de equipamentos, a marca diz ser "competitiva no segmento", que tem como principal player a Mercedes-Benz Sprinter, mas ainda conta com uma turma como Renault Master, Fiat Ducato e a dupla da Peugeot e Citroën, Boxer e Jumper. 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com