Dependendo do modelo, ainda tem taxa 0,9% ao mês e valorização do usado na troca

Com um início de ano mais lento nas vendas, a Chevrolet começa a tentar a animar suas concessionárias com uma promoção para Onix, Onix Plus e Tracker, oferecendo o trio com parcelas fixas, taxa 0,9% ao mês e valorização do usado na troca. O hatch pode ser financiado com um valor mensal de R$ 799, subindo para R$ 899 no caso do sedã e R$ 990 no SUV compacto.

O Chevrolet Onix está sendo vendido na versão 1.0 Turbo Premier. É possível negociar o financiamento para pagar uma entrada de R$ 53.200 e o restante em 48x de R$ 799 e taxa 0,9% ao mês, totalizando R$ 91.575,52. Esta configuração é a segunda mais cara, utilizando o motor 1.0 turbo de 116 cv a e 16,8 kgfm, combinado a uma transmissão automática de 6 marchas e contando com equipamentos como seis airbags, controles de estabilidade e tração, conexão Wi-Fi 4G nativa, câmera de ré, multimídia de 8” entre os principais equipamentos.

Galeria: Chevrolet Onix 2020

Se quiser mais espaço, o Onix Plus também está com uma condição especial, também na versão Premier, motor 1.0 turbo e transmissão automática. Por ser um carro mais caro, o valor da entrada sobe para R$ 53.810 e o saldo em 48 parcelas mensais de R$ 899,19 e taxa 0,9%. No final, o cliente irá pagar R$ 96.968,24. Traz os mesmos itens que a variante hatchback.

Terceiro SUV compacto mais vendido do Brasil, a nova geração do Chevrolet Tracker tenta recuperar o espaço perdido para Jeep Renegade e Volkswagen T-Cross com uma promoção para a versão LT 1.0 Turbo, a segunda mais barata da linha. Está disponível na cor Azul Eclipse por R$ 57.840 de entrada e o restante em 36 parcelas mensais de R$ 990, taxa 0,74% ao mês e uma parcela final de R$ 24.017, totalizando R$ 117.497 no financiamento. Sua lista de equipamentos conta com start-stop, controle de cruzeiro, central multimídia, entre outros.

Estas promoções podem ajudar a Chevrolet a correr atrás da liderança do mercado brasileiro entre as marcas. Embora tenha fechado 2020 no topo da tabela pelo 5º ano consecutivo, a situação não começou boa, pois foi ultrapassada pela Fiat em janeiro e viu a Volkswagen se aproximar perigosamente. Até o momento, caiu para a 3ª colocação ao considerar os resultados de fevereiro, ainda que o Onix ainda seja o carro mais vendido do país.

Você viu? Conhecemos o novo VW Taos