Futuro do hatch ainda não foi definido, mas hoje ele faz sucesso como "carro de firma"

Se você entrar em uma concessionária Fiat dificilmente encontrará um Uno em exposição. Por outro lado, será muito mais fácil vê-lo nas ruas rodando com uma escada no teto. O que até hoje é motivo de meme, agora é oportunidade de negócio para a montadora. Ao assumir o modelo como "carro de firma", a marca tem um carro que mantém boa procura especificamente para empresas. E os vendedores estão adorando...

"O Uno continua sendo uma ferramenta de trabalho muito apreciada pelo mercado, e hoje está muito bem posicionado para esse segmento. Vai ser difícil encontrar o Uno no showroom para o público, mas é um modelo que o time de vendas diretas da Fiat adora, principalmente nas grandes vendas para empresas", disse Herlander Zola, diretor do brand Fiat para América Latina, durante entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (3).

Galeria: Fábrica da Fiat em Betim - Produção do Uno

Com a chegada do Argo, de construção mais moderna e visual alinhado aos mais recentes lançamentos da marca pelo mundo, o Uno acabou perdendo espaço nas lojas. No entanto, negócios que têm como base serviços em campo, como empresas de TV a cabo ou telefonia, encontram no modelo uma opção acessível, com bom espaço e baixo custo de manutenção. 

"Dentro desse posicionamento ainda há espaço para continuar vendendo o Uno por um bom tempo até chegar o momento de se decidir pela renovação. Vale lembrar que o Uno produzido no Brasil tem uma participação importante em outros mercados como Chile, Argentina, Bolívia e Uruguai", explicou Zola.

Fiat Uno sairá de linha este ano?

Com dois modelos mais modernos no portfólio da Fiat, seria fácil deduzir que o Uno esteja com os dias contados. De fato, o caminho natural seria a criação de versões específicas do Argo ou Mobi para absorver esse mercado. Para o Mobi seria ótimo, mas falta espaço. Para o Argo, a imagem pode ser arranhada ao se colocar a escada no teto, afetando assim as versões mais caras.

"O futuro do Uno será decidido até o fim do ano", disse Zola, sem indicar necessariamente o fim da produção do modelo. Pelo contrário, como o Uno ainda tem espaço em outros mercados da região, existe até mesmo a possibilidade de continuar sendo produzido para exportação mesmo que deixe de ser oferecido por aqui.

Corrida de Fiat Uno com Escada

Primeira geração ficou em linha por 30 anos

Lançado no Brasil em 1984, o Uno de primeira geração permaneceu em linha até 2014, ano que a legislação brasileira tornou obrigatório o airbag duplo frontal e o sistema de freios ABS. Durante este período, o Uno sempre foi um modelo muito apreciado pela robustez e manutenção fácil. No fim daquela geração, já era aclamado como "Carro de Telefônica" com sua tradicional escada no teto.

A coisa foi tão séria que a própria Fiat abraçou a causa e promoveu a primeira corrida oficial dos Unos com escada, fictícia, para promover a chegada do Cronos. Relembre a brincadeira abaixo:

Envie seu flagra! flagra@motor1.com