Será o Mustang mais potente com o motor 5.0 V8, ficando abaixo dos modelos Shelby e com mais de 490 cv

O Ford Mustang é um esportivo muito amado nos EUA e que já recebe diversas variantes, inclusive as feitas pela Shelby. Parece não ser o suficiente, pois a Ford confirmou os rumores e anuncia que irá lançar o Mustang Mach 1 neste ano. A revelação foi feita com a divulgação de três modelos do carro em testes, ainda bem camuflado, e com algumas promessas por parte da fabricante.

"O Mach 1 tem um lugar especial na história do Mustang e agora é hora para esta edição especial conquistar o seu posto no topo da nossa linha de performance com o 5.0 V8, e recompensar nossos entusiastas do Mustang que querem o próximo nível de potência, precisão e colecionabilidade", diz Dave Pericak, diretor da Ford Icons.

Galeria: Ford Mustang Mach 1 2021

As imagens divulgadas pela Ford revelam que o Mach 1 terá um design frontal diferente dos outros Mustang. A grade foi redesenhada e tem duas entradas redondas bem largas de cada lado. O para-choque também foi alterado com grandes entradas de ar nos cantos. Também conta com um splitter.

Olhando pela janela, podemos notar uma gaiola e bancos esportivos da Sparco. Porém, mesmo para um Mustang voltado para as pistas como o Mach 1, estes itens parecem ser um pouco extremos para serem usados na versão de produção. Uma das fotos mostra as rodas, revelando que terá freios Brembo com pinças bem largas e que utilizará pneus Michelin Pilot sport Cup 2.

Do outro lado, o Mach 1 mostra uma asa traseira bem grande. Também parece contar com um difusor de ar que deixa o carro ainda mais agressivo visualmente. Conta com quatro saídas de escapamento, duas de cada lado e muito largas.

"O Mach 1 sempre foi a ponte entre o Mustang normal e os modelos Shelby", explica Ted Ryan, gerente de marcas na Ford Archives. "De uma perspectiva de estilo e dirigibilidade, o Mach 1 sempre se destacou como algo único, mesmo na linha do Mustang - e como o nome implica, ele realmente pode se mexer."

A versão topo de linha do Mustang, neste momento, é o Bullit. Ele usa o 5.0 V8 a gasolina, entregando 489 cv de potência, contra os 466 cv da versão GT oferecida no Brasil. A declaração da Ford de que o Mach 1 é para clientes que querem "o próximo nível de potência" nos faz pensar o quanto o carro deve entregar para ficar acima do Bullit. Como o Shelby GT 350 entrega 533 cv, o mais provável é que o Mach 1 fique por volta de 510 cv.

O teaser divulgado pela Ford não revela quando o Mustang Mach 1 será apresentado por completo, além de revelar que será lançado neste ano como modelo 2021. O fato de ter começado a campanha agora significa que ele deve ser apresentado nas próximas semanas.

Fonte: Ford
Ocultar press releaseMostrar press release

Mustang Mach 1 Returning for 2021 Model Year As Limited- Edition Pinnacle of Style, Handling and 5.0-liter V8 Performance

DEARBORN, Mich., May 29, 2020 – With speed, style and a name that embodies both, Ford today announces the Mustang Mach 1 is roaring back to life this year.

The iconic fastback coupe that debuted during the first golden era of muscle cars in the late- 1960s now returns for global Mustang enthusiasts looking for the epitome of naturally aspirated 5.0-liter V8 performance in a new golden age of power as a new choice in the lineup of the world’s best-selling sports car.

“Mach 1 has a special place in Mustang history, and it’s time for this special edition to claim the top spot in our 5.0-liter V8 performance lineup and reward our most hardcore Mustang enthusiasts who demand that next level of power, precision and collectability,” said Dave Pericak, director, Ford Icons. “Like the original, the all-new Mustang Mach 1 will be true to its heritage, delivering great looks and as the most track-capable 5.0-liter Mustang ever.”

Continuing the legacy of Mach 1

Mach 1 debuted for the 1969 model year and immediately carved out its place in the Mustang lineup, delivering performance and improved dynamics with its GT handling suspension. In the years that followed, Mach 1 saw improved performance versus Mustang GT and was more attainable than Shelby and Boss variants.

“Mach 1 has always been that bridge between base Mustangs and the Shelby models,” said Ted Ryan, heritage brand manager, Ford Archives. “From a style and handling perspective, the original Mach 1 managed to stand out as unique, even in the Mustang lineup – and as the name implies, it could really move.”

Two years after its debut, Mach 1 with its competition suspension hit the streets in 1971 longer and larger than the original, with an assortment of powerful engine options. In 1974, Mach 1 again saw major changes, reimagined for the first time as a hatchback. This Mach 1 generation enjoyed a five-year run and beefed up its handling capabilities more with an optional Rallye Suspension Package.

Mach 1 returned for 2003 and 2004 model years, blending modern power with the nostalgia of 1970s-era Mach 1 design elements. Its unique Mach 1 handling suspension with larger Brembo front-disc brakes improved on-road performance, while its matte black spoiler and hood stripe helped the coupe standout.

Seventeen years later, the all-new 2021 Mustang Mach 1 is set to return as the most track-ready 5.0-liter Mustang ever, once again delivering design magic while adding to its performance legacy.

###