Pandemia atrasou também lançamento dos SUVs Bronco e Bronco Sport

O calendário de lançamentos da Ford parece ter sido um dos mais afetados da indústria norte-americana pela pandemia do novo coronavírus. Depois de adiar a estreia de lançamentos importantes, como os aguardados SUVs Bronco e Bronco Sport, a marca se vê obrigada a atrasar agora a estreia de mais uma novidade de peso: a renovada F-150 2021.

De acordo com informações do site Ford Authority, o evento de apresentação que deveria ter acontecido em Dearborn, no Michigan, no último de 29 de abril, na prática não aconteceu. Convidados foram informados de que a mostra havia sido adiada por questões óbvias relacionadas ao COVID-19.

Galeria: Ford F-150 2021 - Flagra

O atraso tem criado ainda mais expectativa em torno dos fãs da marca, que esperam ver o quanto antes as mudanças mais significativas promovidas na F-150 desde 2015. São esperadas atualizações importantes de estilo e conforto, além de novidades tecnológicas inéditas no segmento. Entre elas, destaque para a nova geração do sistema de entretenimento SYNC 4, que foi apresentada no final do ano passado. Dependendo da versão, o dispositivo contará com tela de até 15,5 polegadas e posicionamento na vertical.

Já na mecânica, o destaque vai para o novo motor 4.8 V8 de 426 cv que substituirá o atual 5.0 V8 de 400 cv. Além disso, a nova geração contará com inéditas variantes híbrida e elétrica, que chegarão ao mercado logo depois dos modelos tradicionais a combustão.

Recentemente, a Ford adiantou num calendário interno que o lançamento da nova F-150 está previsto para a América do Sul. Motor1.com apurou que a picape faz parte da lista de 8 lançamentos previstos para 2020 no país, embora possa não chegar mais neste ano por causa do atraso nos EUA. Viria em versão única de acabamento, inicialmente com motor V8 a gasolina, deixando a opção 3.0 turbodiesel para outro momento.
 

Veja também: Picape Maverick?