Imagem supostamente vazada mostra tampa da caçamba da picape com o nome do modelo

Desde que ficamos sabendo sobre a nova picape compacta da Ford, dois nomes sempre apareciam nos rumores: "Courier" ou "Ranchero". Mas, se o último rumor estiver correto, o batismo não será nenhum desses dois. O site The Fast Lane Truck recebeu uma imagem de uma fonte anônima, que supostamente seria da tampa da caçamba da picape. Nela, aparece o nome "Maverick".

É a segunda vez que o nome Maverick é envolvido com um novo modelo da Ford. Até então, especulava-se que o batismo seria usado no inédito Bronco Sport, mas as imagens vazadas do modelo acabaram com este rumor. Sabemos que a empresa tem planos de usar novamente esta nomenclatura, já que fez um novo pedido de registro há algum tempo em diversos mercados.

Galeria: Ford Sub-Ranger picape (flagra)

Além do registro do nome, outra indicação que a Ford realmente quer batizar um veículo como "Maverick" é o catálogo interno de partes, que vazou no começo do ano e mostrava um modelo chamado assim. Mesmo que não seja o nome do Bronco Sport, há um parentesco entre os dois, já que ambos serão montados sobre a plataforma modular C2 do hatch médio Focus. Além disso, uma reportagem da Motor Trend revela que a picape buscará inspiração visual no crossover e ainda deve usar os mesmos motores.

Saberemos se o nome é esse mesmo no ano que vem, quando a Ford irá apresentar a Maverick. Desde o começo ela foi planejada para ser feita no México e virá ao Brasil importada - inclusive seremos o primeiro mercado a recebê-la, se os planos iniciais forem mantidos. A estreia em outros países ficaria para 2022, incluindo os Estados Unidos. Ela já foi mostrada para concessionários da marca nos EUA, em uma convenção anual em Las Vegas e, como revela o site Automotive News, teve boa aceitação.

Caso adote siga a motorização do Bronco Sport, a Ford Maverick terá o 1.5 turbo de três cilindros, que entrega 180 cv; e o 2.0 turbo de quatro cilindros, gerando 250 cv. Eles trabalhariam com a transmissão automática de 8 marchas e com tração integral. Não há informações sobre uma possível variante a diesel.