Ideia começa a ganhar corpo na Austrália em parceria com empresa preparadora

Especulados há meses, os planos da Ford em relação ao lançamento de uma variante V8 da picape Ranger Raptor estão realmente ganhando força. Em entrevista concedida recentemente, o próprio presidente da marca na Austrália, Kay Hart, confessou que a ideia está sendo bastante discutida internamente. "Há muitos clientes dizendo 'eu quero isso, quero isso', então é claro que conversamos sobre essa possibilidade", disse. A filial australiana da marca será responsável pelo projeto, porém não atuará sozinha no desenvolvimento. Ao que tudo indica, a Ford dividirá os trabalhos com a Premcar, uma empresa local de engenharia e design.

Galeria: Já dirigimos: Ford Ranger Raptor

O motor em questão, embora ainda não tenha sido oficializado, será o conhecido 5.0 V8 usado no Mustang GT. Dados de potência, por enquanto, não foram divulgados, mas o mercado espera por algo na casa dos 460 cv e 56,7 kgfm de torque. Na prática, será mais que o dobro da potência entregue atualmente pela única opção de motorização da Ranger Raptor - o 2.0 turbodiesel de 213 cv. Além do novo powertrain, também são esperadas mudanças na dinâmica da picape para compensar o aumento de potência, incluindo suspensão revisada e freios mais fortes.

A Austrália será o primeiro mercado a receber a novidade e, provavelmente, o único. A oferta de versões específicas é comum no país e a própria Ford já faz uso dessa estratégia com o Mustang R-Spec feito pela Herrod Performance. O Brasil, por sua vez, deverá continuar sem a Ranger Raptor, apesar de a versão ser vendida em mercados próximos como a Argentina. Por aqui, a marca apostará no lançamento da variante Storm, com visual mais agressivo e mudanças puramente estéticas.

Fonte: Motoring