Versão Kia do Venue será global e promete ter o maior espaço do segmento

Depois da Hyundai iniciar as vendas do Venue, seu crossover com quatro metros de comprimento, agora é a vez da Kia preparar-se para entrar no segmento com o Sonet. O modelo aparece pela primeira vez como um conceito no Salão de Nova Déli (Índia), enquanto sua versão final será revelada no 2º semestre. A marca sul-coreana afirma que o Sonet é um modelo global, então podemos esperar um lançamento nos mesmos mercados onde o Venue será vendido, como Europa e Estados Unidos.

Quão pequeno ele é? Bom, a Kia não revelou suas medidas ou especificações técnicas, porém podemos afirmar que o Sonet terá menos de quatro metros de comprimento, para pagar menos impostos na Índia. Isso faz com que seja, no mínimo, 34 centímetros menor do que o Seltos (que é esperado para o Brasil), tornando-se o menor crossover da linha da Kia - afinal, o Picanto X-Line vendido na Europa é apenas uma versão aventureira do subcompacto.

Galeria: Kia Sonet Concept 2020

O Sonet está praticamente pronto para ser produzido. Os únicos detalhes que serão alterados são as maçanetas retráteis e os retrovisores laterais, muito pequenos no conceito. Faróis e lanternas podem ter a parte interna diferente versão de produção, porém o estilo não deve mudar muito. No geral, o crossover tem design bem interessante, mantendo a identidade da marca, mas sem parecer muito com seus futuros rivais.

As projeções oficiais não revelam o interior do carro e o modelo exposto no Salão de Nova Déli estava com os vidros pretos. É um sinal de que a Kia ainda não está pronta para apresentar a cabine do compacto. A fabricante promete que terá o melhor espaço da categoria e que terá alguns equipamentos ainda não vistos no segmento. Apuramos que ele terá uma central multimídia com tela de 10,25", sistema de som Bose e o que a marca chama de "transmissão manual inteligente".

Na parte mecânica, a imprensa indiana relata que o Sonet deve repetir os motores do Venue na região. Ou seja, terá o 1.2 aspirado, 1.0 turbo e 1.5 diesel, enquanto as transmissões serão uma manual e uma automatizada. O site Autocar Índia ainda diz que o modelo da Kia terá um ajuste mais esportivo para a suspensão do que sua contra-parte da Hyundai.

Ele enfrentará seu irmão de plataforma, o Hyundai Venue, além de alguns modelos que só existem na Índia, como Maruti Vitara Brezza, Tata Nexon e Mahindra XUV300. Mais empresas se preparam para entrar neste segmento, como Nissan, com um modelo abaixo do Kicks, e a Renault com o SUV derivado do Kwid.