Versão aventureira já vendeu mais de 10 mil unidades desde o lançamento

Oferecido até então apenas com motor 1.3 Firefly e câmbio manual de 5 marchas, o Fiat Argo Trekking finalmente dá boas-vindas à chegada do motor 1.8 flex de 139 cv e da transmissão automática de 6 velocidades. A novidade chega ao mercado para atender à demanda do mercado por uma opção do tipo (só com câmbio MT, a versão Trekking já vendeu mais de 10 mil unidades) e como resposta aos principais concorrentes - todos, diga-se de passagem, já oferecidos com opções AT. Os preços começam em R$ 68.990, contra R$ 59.990 do manual e os R$ 63.990 e R$ 69.990 cobrados pelos modelos Precision e HGT, ambos equipados com o mesmo conjunto mecânico.

Galeria: Fiat Argo Trekking 1.8

No mais, o Argo Trekking automático incorpora os mesmos diferenciais do manual, o que inclui visual com pegada mais robusta, suspensão elevada (altura em relação ao solo de 210 mm, a maior da categoria), adesivos exclusivos e pneus de uso misto 205/60R15 91H S-ATR WL que conferem conforto extra em pisos esburacados e estradas sem pavimentação.

Entre os principais itens de série, destaque para ar-condicionado, direção elétrica, computador de bordo com tela TFT de 3,5", rodas de liga-leve (que são opcionais no 1.3), central multimídia Uconnect com tela de 7" sensível ao toque e compatível com Android Auto e Apple CarPlay, vidro dianteiros e traseiros elétricos, retrovisores elétricos, faróis de neblina, volante e bancos com regulagem de altura e luz guia de LED.

Fiat Argo Trekking 1.8 AT
Fiat Argo Trekking 1.8 AT

Como opcionais, estão disponíveis câmera de ré (R$ 990) e pacotes como o Tech (quadro de instrumentos 7" em TFT, ar-condicionado digital, retrovisores externos com rebatimento elétrico e luz de conforto, keyless entry'n'go, sensor de chuva e crepuscular e retrovisor interno eletrocrômico por R$ 3.530) e Stile (apoio de braço no banco do motorista, volante revestido em couro, piloto automático, câmbio tipo borboleta com trocas de marchas atrás do volante, bancos revestidos em couro ecológico e banco traseiro bi partido, por R$ 2.900). Controles de estabilidade e tração não são oferecidos nem pagando à parte.

Câmbio CVT em 2020

Até então, imaginava-se que o Argo Trekking só ganharia câmbio automático com o lançamento da transmissão CVT que a Fiat prepara para 2020. No entanto, a demanda aquecida do segmento fez a marca adotar uma solução mais rápida e que já estava pronta dentro da gama. Ainda assim, a chegada da caixa continuamente variável segue prevista para o ano que vem.

Fotos: Divulgação 

Fonte: Fiat