Projetado está sendo tocado no centro de desenvolvimento da Ford na Alemanha

Além da confirmação das novas gerações das picapes Ranger e Amarok para 2022, o anúncio detalhado da parceria firmada entre Ford e Volkswagen contempla também informações sobre o segmento de veículos elétricos. Com base no que ficou definido, a gigante da oval azul terá acesso à plataforma MEB da marca alemã e produzirá sobre ela um inédito modelo elétrico. O desenvolvimento deste projeto está sendo tocado no centro de pesquisas da Ford em Merkenich, nas proximidades de Colônia, na Alemanha, e deverá ser concluído por volta de 2023. É neste ano que a empresa promete colocá-lo no mercado com a promessa de vender ambiciosas 600 mil unidades nos seis anos seguintes.

Galeria: Volkswagen ID.3

"Olhando para o futuro, ainda mais clientes e o meio ambiente se beneficiarão da arquitetura EV da Volkswagen", comentou o CEO Herbert Diess, sobre o acordo. "Nossa aliança global está começando a demonstrar uma promessa ainda maior, e continuamos a analisar outras áreas nas quais podemos colaborar", completou. Além disso, as marcas deixaram claro que também estão discutindo o desenvolvimento de segundo EV, provavelmente também desenvolvido sobre a MEB e focado principalmente no mercado europeu. Já os elétricos que a Ford projeta na América do Norte, como a F-150 EV e o futuro SUV inspirado no Mustang, estes seguem sendo desenvolvidos de forma independente.

Outro ponto importante diz respeito à participação conjunta de ambas as montadoras na empresa Argo AI, especializada no desenvolvimento de tecnologias autônomas de condução. Combinadas, as duas marcas terão maioria nas ações da companhia e poderão usar os sistemas autônomos em seus veículos. A Argo é avaliada em US$ 7 bilhões e, após o acordo, receberá pelo menos US$ 1 bilhão em investimentos.

Fonte: Ford/Volkswagen