Modelo terá tração traseira, quatro portas e imenso painel digital

Após a divulgação de teasers e informações pouco esclarecedoras, a Honda finalmente anuncia nesta quarta-feira (27) a apresentação oficial do chamado E Prototype. Considerada uma versão 'quase pronta' do Urban EV apresentado no Salão de Genebra de 2017, o modelo será exposto na edição deste ano do mesmo evento com a missão de adiantar todos os detalhes a respeito da variante de produção que será conhecida no final do ano. O compacto é cerca de 10 centímetros mais curto que o Fit e terá a missão de abrir caminho para a implementação de um plano de eletrificação que estabelece metas ambiciosas a serem alcançadas até 2025.

Galeria: Honda E Prototype

Pensado com foco nos mercados europeus e asiático, o E Prototype se encaixa na proposta de ser um veículo compacto, de autonomia não tão extensa e de uso especialmente urbano. A Honda declara que é possível percorrer cerca de 200 km com uma única carga e que essa distância é suficiente para fazer pequenas viagens e circular tranquilamente na cidade. A plataforma a ser usada foi pensada exclusivamente para veículos elétricos (sendo descartada uma eventual adaptação sobre uma arquitetura convencional de um carro a combustão) e projetada com layout de tração traseira.

No visual, o conceito da vez traz elementos mais realistas que o protótipo original e a expectativa é que detalhes importantes sejam mantidos no carro final. É o caso das maçanetas embutidas, do estilo retrô, das câmeras no lugar dos retrovisores e da adoção de mais duas portas - configuração considerada mais palatável ao mercado e que não foi apresentada no Urban EV original. Já na cabine, o grande destaque fica por conta do painel tipo lounge com um conjunto de monitores que se estendem na horizontal.

Fotos: Divulgação