Linha 2019 do esportivo foi apresentada em novembro e ficou R$ 13 mil mais cara que o rival Ford Mustang

O primeiro lançamento dos 11 prometidos pela General Motors para 2019 no Brasil é o Chevrolet Camaro renovado. O esportivo, que fez sua primeira aparição durante o Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro passado, enfim desembarca nas concessionárias. A versão cupê será vendida por R$ 328.990, enquanto a variante conversível custa R$ 365.990, ambas na configuração SS e com motor 6.2 V8 de 461 cv.

Galeria: Chevrolet Camaro SS 2018 (BR)

A linha 2019 do Chevrolet Camaro adota a reestilização do esportivo, que fez sua estreia nos EUA em abril, que muda consideravelmente seu estilo em relação ao modelo passado. Adota uma nova grade frontal dupla, dividida por uma barra preta com o logo da empresa, além de mudar o formato dos faróis e da assinatura em LED.

Manteve o motor 6.2 V8 de 461 cv e 62,9 kgfm utilizado na versão anterior, mas agora ele trabalha com um câmbio automático de 10 marchas, duas a mais. Esta transmissão foi desenvolvida em parceria com a Ford, que o utiliza no Ford Mustang. Ainda recebeu controle de largada e modo burnout, outro itens em comum com seu rival.

Outra inevitável comparação entre Camaro e Mustang está no preço. O esportivo da Ford é vendido em versão única, por R$ 315.900, R$ 15.090 menos do que o Camaro 2019, que desembarca por R$ 328.990. O carro da Chevrolet ainda tem uma exclusividade, na forma do modelo conversível, por R$ 365.990.

Vem equipado com a nova geração de central multimídia MyLink, alerta de colisão frontal, retrovisor interno que exibe a imagem da câmera de ré, rodas de liga leve de 20”, alerta de ponto cego, freio de estacionamento elétrico, oito airbags, controle de estabilidade e tração, faróis de xênon, pneus run-flat, sensor de estacionamento traseiro, carregador wireless, ar-condicionado automático de duas zonas, câmera de ré, sensor crepuscular, sensor de chuva e mais.