Picape brasileira chega ao país em versão única Dynamique com motor 2.0 e câmbio manual

O mercado de carros da Costa Rica parece ter uma certa queda por picapes de origem brasileira. Apenas duas semanas depois de a Volkswagen voltar a vender a Saveiro por lá, a Renault anuncia o lançamento local da Duster Oroch. Produzida no complexo industrial de São José dos Pinhais (PR), a camionete desembarca no país em versão única Dynamique com motor 2.0, tração dianteira e câmbio manual de 6 marchas. O preço sugerido é de 15.809.200 colones, cerca de R$ 96.500 numa conversão direta ao câmbio atual.

Galeria: Renault Duster Oroch

Entre os principais itens de série, a picape ofere ar-condicionado, freios ABS com EBD, airbags dianteiros, vidros e retrovisores com acionamento elétrico, volante multifuncional com regulagem de profundidade, sistema de entretenimento MediaNav com tela de 7 polegadas, sensor de estacionamento traseiro, faróis de neblina, rack de teto e rodas de 16 polegadas.

Sob o capô, o motor 2.0 movido apenas a gasolina entrega 143 cv e 20,2 kgfm de torque máximo. O câmbio é sempre manual de 6 marchas, com tração dianteira. Rival mais próxima da Oroch, a Fiat Toro não é vendida por lá, mas a compacta Strada marca presença. Além de mercados da América Latina, a Renault exporta a Oroch para 6 países da África como Madagascar, Costa do Marfim, Senegal, Gana e Cabo Verde.

Fotos: Divulgação