Variante foi lançada no Equador e tem motor 1.6 de 105 cv

Parece que a ideia de criar sedãs aventureiros vai mesmo seguir adiante. A Renault já havia lançado o Logan Stepway na Europa e agora começa a oferecer o modelo também na América do Sul. O primeiro país a recebê-lo é o Equador, embora ele seja produzido na Colômbia. A receita é bem parecida com a do Sandero Stepway (agora chamado só de Stepway), trazendo suspensão elevada e proteção de plástico nas laterais. Por enquanto, é um modelo exclusivo para o Equador.

O Renault Logan Crossover é tem receita simples: é o Logan normal, usando o design que já conhecemos desde 2015 (ou seja, sem o facelift já apresentado na Europa), e que adiciona os característicos protetores de plástico preto nas caixas de rodas, saias laterais e para-choque. A suspensão foi elevada, fazendo com que o sedã tenha um vão livre de 20 centímetros. Ao contrário do Stepway, o Logan Crossover não tem o skid plate no para-choque dianteiro.

 

Ele é baseado na versão Intense, a mais cara da linha do sedã. Conta com rodas de liga leve de 16 polegadas (as mesmas do Stepway), ar-condicionado automático e volante com acabamento de couro. Curiosamente, ao invés de usar a central multimídia MediaNav da empresa, ele adota um equipamento feito no Equador, com tela sensível ao toque, conexão Bluetooth e quatro alto-falantes.

A mecânica é a mesma do Logan convencional, com motor 1.6 16V de 105 cv e 14,5 kgfm. É o antigo K4M da Renault, pois o modelo feito na Colômbia ainda não adotou o novo motor SCe de até 118 cv com etanol. Será vendido com o câmbio manual de 5 marchas ou com o automático de 4 posições.

'

No momento, o Renault Logan Crossover será vendido apenas no Equador. Nem mesmo a Colômbia, que produz o sedã para o mercado equatoriano, deve recebê-lo. No Brasil, a chance do aventureiro aparecer existe por conta da rival Ford, que apresentou o Ka Sedan Urban Warrior, versão off-road do sedã, durante o Salão do Automóvel de São Paulo e tem planos de vendê-lo. Caso faça sucesso, a Renault pode olhar melhor para o Logan Crossover e disponibilizá-lo por aqui. Enquanto isso não acontece, o Logan passará por um facelift ainda no 1º semestre, ganhando também o câmbio CVT para o motor 1.6.

Fotos: divulgação

Galeria: Renault Logan Stepway