Modelo ficaria muito caro e extrapolaria os padrões de preço da Dacia, subsidiária romena

Quem desejava ver a Dacia produzindo um SUV de grande porte posicionado acima do Duster terá seu sonho adiado, segundo declarações de Louise O'Sullivan, chefe da marca no Reino Unido. A executiva confirmou em entrevista recente que os planos para desenvolvimento de um modelo topo de linha foram descartados, pondo fim ao tão especulado "Grand Duster". E o motivo é basicamente estratégico: o veículo ficaria caro demais e extrapolaria os padrões de preço da subsidiária romena da Renault.

2018 Dacia Duster

Fora da filosofia de baixo custa da Dacia, o SUV poderia gerar concorrência com marcas mais sofisticadas e até mesmo canibalizar alguns modelos da Renault ou da Nissan (marcas pertencentes ao mesmo grupo). Sendo assim, o Duster seguirá como modelo topo de linha da marca romena e principal opção do portfólio no segmento de SUVs. 

Mais sobre o Duster:

No Brasil, a nova geração do Duster está programada para chegar ao mercado em 2019, com produção em São José dos Pinhais (PR). Antes disso, o modelo fará estreia pública no Salão do Automóvel, em novembro próximo.

Fonte: Autocar

Galeria: Dacia Duster 2018