Mostrado no Salão de São Paulo de 2014, modelo era aposta ousada em SUV "subcompacto"

  • Nome: Volkswagen Taigun
  • Estreia: Salão de São Paulo 2012
  • Especificações: Motor 1.0 TSI de 110 cv e 17,8 kgfm, câmbio manual de 5 marchas, tração dianteira, 3,86 m de comprimento, 1,72 m de largura, 1,57 m de altura e 2,47 m de entre-eixos.
VW Taigun - Conceitos Esquecidos

Porque lembramos dele:

A VW estava preparando a versão nacional do up! e aproveitou o Salão de 2012 para mostrar um SUV derivado do hatch subcompacto. Feito a partir da plataforma do up!, o Taigun era um "SUVinho" de apenas 3,86 metros de comprimento, que seria uma aposta da marca alemã para o efervescente segmento de utilitários-compactos. Na época, os executivos da marca falavam abertamente que uma versão de produção chegaria às lojas em alguns anos. 

VW Taigun - Conceitos Esquecidos
VW Taigun - Conceitos Esquecidos

O Taigun poderia ter inaugurado um sub-segmento abaixo do Ford EscoSport, que em 2012 tinha trocado de geração e era líder de vendas disparado entre os utilitários-esportivos no país. Com design robusto, apesar do porte diminuto, ele tinha como destaque as maçanetas traseiras embutidas na coluna, que davam um aspecto de cupê ao modelo. As linhas quadradinhas contribuíam para um espaço interno razoável levando se em consideração suas medidas reduzidas. 

O conceito era equipado com o motor 1.0 TSI (turbo e injeção direta) de 3 cilindros que mais tarde seria lançado no up!. A VW falava em rendimento de 110 cv de potência e 17,8 kgfm de torque, valores que acabaram sendo reduzidos a 105 cv e 16,8 kgfm no up! TSI. O câmbio era manual de 5 marchas e a tração, dianteira. Chamava a atenção pelo consumo divulgado de até 22 km/l com gasolina.

Leia também:

Apesar do sucesso do conceito a da promessa de produção, a VW voltou atrás na decisão de fazer um SUV tão pequeno. Segundo ouvimos de executivos ligados à marca, o público de SUVs deseja um carro maior e mais espaçoso, para servir à família. Por isso, a decisão foi esperar pela plataforma MQB-A0 (do Polo) para então desenvolver o T-Cross, que não por acaso terá o entre-eixos alongado (2,65 m, igual do Virtus) no modelo nacional, justamente para priorizar o espaço. 

Mesmo após a decisão pelo T-Cross, entretanto, na Europa voltou-se a cogitar a produção do Taigun, que se chamaria T-Track na versão final e chegaria em 2020. Mas, após tantas promessas, só acreditamos vendo...

Fotos: divulgação  

Galeria: VW Taigun - Conceitos Esquecidos