Punto será finalmente descontinuado e Panda terá montagem transferida para a Polônia

Embora ainda seja cercado de mistérios, o plano de ação traçado pelo chefão Sergio Marchionne para as marcas do grupo FCA aos poucos vai tendo detalhes revelados. Prova disso vem de matéria publicada recentemente pela agência de notícias Bloomberg, que esmiúça em parte a estratégia industrial da Fiat para os próximos anos. Segundo a publicação, a marca deixará de produzir automóveis de passeio em sua terra natal, a Itália, para abrir espaço nas fábricas para as companheiras Jeep e Maserati.

Leia também:

De acordo com informantes da agência, o Punto será finalmente descontinuado no país e o Panda terá montagem transferida para a Polônia. Dessa forma, praticamente todo o portfólio de carros de passeio da Fiat à venda na Itália passará a ser importado, já que o 500L é produzido na Sérvia, o Tipo vem da Turquia, o 500 da Polônia e o 124 Spider sai da fábrica da Mazda em Hiroshima, no Japão.

Fiat Punto Europa
 

Com as mudanças, Marchionne espera concentrar na Europa Ocidental a produção de carros de luxo, já que não compensa produzir modelos baratos em países de mão-de-obra cara. Tanto é que fábricas históricas da Fiat, como a de Turim e a de Nápoles, serão reformuladas para abrigar a produção de SUVs da Jeep e da Maserati. Mais detalhes sobre o plano serão divulgados em junho.

Fonte: Bloomberg

Galeria: Fiat Panda 2017