Recall envolve 391 unidades, todas fabricadas entre 12 de abril e 17 de novembro de 2017

Depois do caso envolvendo risco de incêndio anunciado em meados de abril, a Land Rover do Brasil confirma agora a realização de mais um recall para o recém-lançado Range Rover Velar. No chamado desta vez, a marca alerta para um possível defeito no sistema de aquecimento do veículo e convoca 391 unidades de volta às concessionárias. Dependendo da situação, pode haver embaçamento do vidro em baixas temperaturas, com consequente embaçamento do para-brisa e perda de visibilidade.

Leia também:

Range Rover Velar R-Dynamic P380

O problema está exatamente na possibilidade de desprendimento do braço do atuador do sistema de aquecimento, que controla a entrada de ar. Dessa forma, em temperaturas abaixo de zero grau, o para-brisa ficará embaçado e poderá aumentar o risco de acidentes, com danos físicos e materiais aos ocupantes e terceiros.

No reparo, o referido braço do atuador do sistema será substituído e o software do ar-condicionado, atualizado. Todo o serviço leva em média 144 minutos para ser concluído. Os exemplares envolvidos são todos ano-modelo 2018 e foram produzidos entre 12 de abril e 17 de novembro de 2017, com chassis entre SALYA2AV6JA700308 e SALYA2BK0JA740310.

Fotos: Arquivo Motor1.com

Galeria: Range Rover Velar R-Dynamic P380 Teste BR