Novidade será oferecida com cabines dupla, simples ou chassi, sempre com motor 2.2 turbodiesel

Descontinuada desde o lançamento do atual modelo reestilizado, em 2016, a versão de entrada XL acaba de voltar oficialmente ao portfólio da picape Ranger no Brasil. Na página exclusiva que criou para divulgar a novidade, a Ford confirma para breve o retorno da variante ao mercado e, de quebra, adianta informações sobre motorização, equipamentos e opções de carroceria. A chegada às lojas deverá acontecer dentro de poucos dias, mas preços ainda não foram revelados.

Leia também:

Com foco voltado para o trabalho e o uso comercial, a Ranger XL atenderá especialmente frotistas e produtores rurais. Acompanha o visual reestilizado do restante da gama, mas dispensa mimos e detalhes de estilo verificados apenas nas opções mais caras. Para-choques, retrovisores e maçanetas, por exemplo, não têm pintura e as rodas são de aço. Além disso, revestimentos cromados foram dispensados e os faróis têm apenas máscara negra, sem projetor.

Nova Ford Ranger XL

Ainda assim, a Ford anuncia no site a presença de controles eletrônicos de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, controle automático de descidas e controle adaptativo de carga, além dos obrigatórios airbags frontais e freios com sistema ABS. Sob o capô, o motor 2.2 turbodiesel rende 160 cv e vem sempre ligado ao câmbio manual de 6 marchas, com tração 4x4. Três opções de carroceria estarão disponíveis: cabine dupla, cabine simples e chassi. Na CS, a capacidade de carga é a maior do segmento: 1.234 kg. A garantia é de 5 anos.

Fotos: Divulgação

Galeria: Nova Ford Ranger XL