Publicidade da nova versão apela ao lado SUV, como a Renault faz com o Kwid

Se a Ford adotar a mesma estratégia de marketing da Argentina para o Ka Freestyle no Brasil, pode ser polêmica. Entrando na onda do Renault Kwid e Honda WR-V, a marca trabalha a versão aventureira do hatch como seu "novo utilitário compacto". Pode dar certo? Sim, pode. Mas ao mesmo tempo, vai gerar críticas. 

Leia também:

Ford Ka Freestyle (Argentina)

Além do visual que adianta a reestilização do Ka, o FreeStyle tem apliques nos para-lamas, rodas de 15" com pneus de uso misto e suspensão elevada. Aproveitando a onda dos "hatches altinhos", a Ford trabalhará o Ka Freestyle como um SUV abaixo do EcoSport, trazendo o motor 1.5 Dragon de 3 cilindros ligado ao câmbio manual de 5 marchas ou automático de 6 marchas - algo que acontecerá também com as demais versões do Ka. O lançamento no Brasil está previsto para o segundo semestre de 2018. 

Galeria: Ford Ka Freestyle - Brasil

Fonte: Argentina Autoblog

Galeria: Ford Ka Freestyle (Argentina)