Perua do Logan e Vesta Sedan marcam retorno dos russos à ilha

Fora do mercado automotivo de Cuba desde 2005, a Lada anunciou seu retorno oficial ao país com dois modelos. Conforme detalha a marca, a retomada das operações acontecerá dentro de poucos dias por meio da chegada à ilha de lote com aproximadamente 333 unidades da perua Largus e do compacto Vesta Sedan, ambos importados da Rússia. Nesta primeira leva, os veículos atenderão especialmente à demanda da indústria turística local, sendo usados não só pela companhia estatal de táxis, como também para compor a frota de empresas ou servir como carros de aluguel.

Leia também:

Lada Largus Cross

De propriedade da AvtoVAZ (que, por sua vez, é ligada ao grupo Renault-Nissan), a Lada só viabilizou seu retorno ao mercado cubano depois de fechar um acordo com o governo. A operação, neste primeiro momento, acontece de forma bastante restrita, mas no futuro há planos para estender a comercialização também para o público comum. Os volumes, porém, serão baixos, já que o acesso a bens de consumo como automóveis ainda é restrito no país e os valores praticados são proibitivos diante da realidade financeira da maior parte da população.

Lada Vesta

Sobre os modelos, destaque para a peura Largus, que nada mais é do que um rebadge russo feio sobre o Dacia Logan MCV da geração passada. O Vesta, por sua vez, tem design mais moderno e será oferecido sempre com carroceria sedã. Ambos terão total assistência de fábrica, com peças de reposição e serviços de manutenção garantidos.

Fotos: Divulgação

Lada Vesta