Item se tornou obrigatório para novos projetos em 2020

A partir deste ano, novos carros lançados no Brasil terão que estar equipados com o controle de estabilidade (ESP). O sistema, que atua nos sistemas como freio e acelerador (alguns também na direção elétrica) para equilibrar o carro em desvios de trajetória repentinos ou derrapagens, já faz parte dos itens de série de diversos modelos, principalmente os mais recentes. A partir de 2022, o item será obrigatório em todos os veículos novos vendidos no Brasil. 

Listamos os 10 modelos mais baratos com o item no mercado nacional, sem considerar os que trazem o item como opcional. 

1. Chevrolet Onix 1.0: R$ 49.690

Novo Onix Hatch nas lojas

O Chevrolet Onix se destacou nesta nova geração pela presença dos controles de estabilidade e tração, além dos 6 airbags como itens de série em todas as versões. A básica, chamada apenas de 1.0, abre mão de rodas de liga-leve e sistema multimídia com espelhamento de smartphones, mas não dos itens de segurança. Como se trata de um projeto novo, já veio pronto para as regras a partir de 2022. 

2. Toyota Etios X 1.3: R$ 51.890

Comparativo Onix Advantage x Etios X

Ele foi o carro mais barato com ESP em nosso mercado até a chegada do novo Onix. A Toyota colocou o sistema na linha completa do Etios em 2018 e seguiu o mesmo princípio com o Yaris, seu lançamento seguinte baseado na mesma plataforma. O Etios X abre mão até mesmo de qualquer sistema de som e rodas de liga leve, mas vem com os controles de estabilidade, tração e assistente de partida em rampas mesmo no modelo com câmbio manual e motor 1.3. 

3. Volkswagen Polo 1.0 MPI: R$ 53.590

VW Polo 1.0 MPI

O Polo MPI, versão de entrada do hatch, já teve o controle de estabilidade como item opcional. Mas na linha 2020 ele integrou o sistema, que traz junto o controle de tração, o assistente de partida em rampas e o bloqueio do diferencial, no pacote de série. Além disso, o hatch possui 4 airbags (frontais e laterais) como padrão em todas as versões. O motor é o 1.0 aspirado de 3 cilindros com 75/84 cv e 9,7/10,4 kgfm de torque ligado ao câmbio manual de 5 marchas.

4. Chevrolet Onix Plus 1.0: R$ 54.990

Chevrolet Onix Plus 2020

A estratégia agressiva do Onix também serve para seu sedã, o Onix Plus. O ex-Prisma também traz o ESP e os 6 airbags como item de série desde a versão de entrada, com motor 1.0 aspirado de 3 cilindros (82 cv e 10,6 kgfm) e câmbio manual de 6 marchas. Com entreeixos alongado, tem mais espaço no banco traseiro que o hatch, além de um porta-malas de 469 litros. 

5. Toyota Etios Sedã X 1.5: R$ 56.690

Toyota Etios Sedan AT

Se você precisa de espaço sem relegar a segurança, o Etios Sedan é o sedã mais barato com o controle de estabilidade. Como o hatch, abre mão até mesmo do sistema de som e rodas de liga-leve em prol do sistema, acompanhado do controle de tração e assistente de partida em rampas. Aqui o motor é o 1.5 com 102/107 cv e 14,3/14,7 kgfm de torque ligado ao câmbio manual de 6 marchas. 

6. Ford Ka Freestyle 1.0: R$ 57.440

Comparativo: Fiat Argo Trekking x Ford Ka Freestyle

A Ford lançou a versão Freestyle junto com a reestilização do Ka em 2018. A receita do aventureiro deu tão certo que em 2019 agregou a opção do motor 1.0 aspirado com câmbio manual em seu catálogo. É a versão mais barata do Ka com os sistemas de segurança, sendo que acima dela apenas a Freestyle 1.5 AT e a Titanium 1.5 AT trazem o item. O ESP vem ainda com um sistema anticapotamento, além do tradicional assistente de partida em rampas. 

7. Hyundai HB20 Vision 1.6 AT: R$ 62.790

Hyundai HB20 1.6 Vision 2020

Antes da profunda mudança, não existia Hyundai HB20 com os controles de tração e estabilidade. Apesar de a Hyundai não adotar uma estratégia tão agressiva quando a da GM com o Onix, o HB20 recebeu os sistemas a partir do modelo com motor 1.6 e câmbio automático (no 1.6 manual é opcional), na versão Vision. Junto, vieram o assistente de partida em rampas e o sistema multimídia com tela de 8" e espelhamento de smartphones via Apple CarPlay e Android Auto. 

8. Fiat Argo Drive 1.3 GSR: R$ 62.790

Teste Fiat Argo Drive GSR Motor1 BR

Um dos poucos modelos com câmbio automatizado de nosso mercado, o Fiat Argo Drive GSR é o primeiro a carregar o controle de estabilidade na linha do hatch. Você pode até colocar o item como um opcional na versão Drive com câmbio manual em um pacote de R$ 1.570 (que leva o modelo a R$ 56.160), mas estamos listando apenas os carros que trazem o item de série. A Fiat poderia adotar a mesma estratégia da Volkswagen com o Polo e trazer como item de fábrica em todas as versões, não é mesmo?

9. Honda Fit DX 1.5: R$ 62.800

Honda Fit - 15 anos no Brasil

Honda mais barato do Brasil, o Fit DX traz os controles de tração e estabilidade como item de série. Curiosamente, a linha City, logo acima do hatch, é mais cara e não oferece ESP nem como opcional. O Fit DX tem motor 1.5 de 116 cv e câmbio manual de 5 marchas. Na lista de equipamentos, vem com Isofix no banco traseiro e luzes de rodagem diurna em LEDs no para-choque dianteiro. 

10. Renault Sandero 1.6 CVT Zen: R$ 63.890

Renault Sandero e Logan 2020

A chegada do Sandero reestilizado trouxe o câmbio CVT para a linha. Apesar de todas as versões terem 4 airbags de série, apenas as com a transmissão automática (e a esportiva R.S) trazem os controles de tração e estabilidade, além do assistente de partida em rampas. Você pode identificar a versão pela suspensão elevada e apliques no exterior, solução adotada por conta da posição da caixa de câmbio no conjunto. 

Fotos: divulgação e arquivo Motor1.com