SUV de 650 cv vende sozinho mais do que Huracan e Aventador juntos

Antes restrita a basicamente dois modelos em sua gama em um passado recente com Murciélago e Gallardo, e atualmente com Aventador e Huracan, a Lamborghini é hoje uma grande fabricante de SUVs. Isso porque o Urus é o carro de maior produção hoje na fábrica italiana de Sant’Agata Bolognese, prova disso é que já foram fabricadas nada menos que 15.000 unidades do utilitário em um período de apenas três anos.

Com esse número de 15.000 unidades feitas depois de seu lançamento em 2018, o Urus já ostenta o título de carro de carro mais produzido da marca italiana em um menor período de tempo. Para se ter ideia de seu bom desempenho nas lojas, o Urus teve somente neste 1º semestre 4.852 carros comercializados em todo o mundo. Quando comparamos a quantidade de Urus vendidos mundo afora, ele supera até os superesportivos pratas da casa como o Huracan e Aventador, que venderam 1.532 e 524 unidades vendidas, respectivamente. Juntos, eles somam 2.056 carros vendidos.

Galeria: Lamborghini Urus - 15.000 produzidas

Com esse resultado de quase 5.000 carros comercializados, o Urus teve seu melhor primeiro semestre em um ano desde seu lançamento. E a unidade com chassi 15.000 foi fabricada nesta semana com carroceria cinza fosco com detalhes em verde claro - chamado de Verde Scandal. Segundo a marca, a cabine bicolor combina acabamento em preto com detalhes no mesmo tom de verde da carroceria. Essa unidade comemorativa e de número 15 mil foi vendida para um cliente no Reino Unido.

Sem dúvidas que o sucesso do Urus passa por seu visual cheio de recortes herdado dos supercarros da marca em embalagem SUV, bem como seu motor com força de sobra: um V8 4.0 biturbo de 650 cv e 86,68 kgfm de torque, o suficiente para leva-lo de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos e máxima de 305 km/h. Sua tração integral permitiu o SUV esportivo chegar a nada menos que 298 km/h no lago congelado Baikal, na Rússia.

Galeria: Lamborghini Urus Evo novas imagens

Com um tempo razoável no mercado, o Urus deve ganhar em breve sua reestilização de meia-vida e provavelmente ser batizado de Urus Evo – sobrenome normalmente usado quando a fabricante atualiza seus carros. Além da leve mudança visual, o utilitário esportivo (literalmente) deverá ganhar uma versão híbrida plug-in, pois as normas de emissões na Europa estão cada vez mais rígidas.

Outra versão esperada para o Urus é a ST-X, versão ainda mais esportiva do utilitário que foi apresentada há algum tempo como conceito e falada há alguns anos pelos italianos. Em sua versão final, o Urus ST-X teria potência acima dos 650 cv e menor peso – algo parecido com a proposta do Porsche Cayenne Coupe Turbo GT, o atual recordista entre os SUVs de alto desempenho em Nürburging com 7 minutos e 38 segundos.

O Urus é fundamental para a Lamborghini, pois é através dele que a marca fará caixa para poder atualizar também o Huracan e Aventador, que deverão ser híbridos até 2024. Outros modelos inéditos da fabricante também são esperados para serem lançados futuramente, como um modelo 100% elétrico que poderá vir como um esportivo GT (Grand Tourer).

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com