A Porsche acaba de oficializar o lançamento daquele que pode ser facilmente considerado o mais rápido, poderoso e dinâmico Cayenne já produzido em série na história. Batizado de Turbo GT, o modelo estreia com status de "atleta de ponta" da gama e já com recordes para ostentar no currículo. Sob o comando do piloto de testes da Porsche, Lars Kern, o modelo desbancou o primo Audi RS Q8 e abocanhou o título de SUV mais rápido de Nürburgring.

De acordo com a marca, o modelo percorreu os 20,8 quilômetros do circuito em impressionantes 7 minutos, 38 segundos e 925 milésimos - aproximadamente 2,5 segundos a menos que o rival. Para alcançar o feito, o Cayenne GT recebeu uma série de modificações mecânicas e aerodinâmicas, tornado-se exclusivo em diversos aspectos. É oferecido sempre na carroceria Coupé, com visual diferenciado e espaço para apenas 4 ocupantes.

Galeria: Porsche Cayenne Turbo GT 2022

Sob o capô, o motor 4.0 V8 biturbo a gasolina entrega 640 cv de potência e 86,6 kgfm de torque máximo. Na prática, são 90 cv e 8,1 kgfm a mais que no Cayenne Turbo. Os números otimizados são reflexo de ajustes promovidos nos sistemas de injeção, admissão e turboalimentação. Especificamente, a Porsche diz que modificou elementos como virabrequim, bielas, pistões e corrente de distribuição.

A marca também mexeu na transmissão automática de 8 marchas, que agora realiza trocas mais rápidas, e no sistema de tração integral - dotado de refrigeração a água adicional para a caixa de transferência. Além disso, é exclusivo o sistema de escapamento esportivo de titânio com saídas centralmente posicionadas. Mas há um detalhe curioso: por razões de peso, o funcionamento acontece sem um silenciador central - informações sobre os níveis de ruído na cabine não foram divulgadas.

Porsche Cayenne Turbo GT 2022

Apesar de todos os predicados, o Cayenne Coupé Turbo GT não é o mais potente da gama. Esse título é do Cayenne Turbo S E-Hybrid, que oferece cerca de 40 cv a mais graças ao suporte do conjunto elétrico. No entanto, é significativamente mais pesado e, portanto, inferior em termos de desempenho. Nesse ponto, o Turbo GT vai de 0 a 100 km/h em absurdos 3,3 segundos, meio segundo mais rápido que o híbrido. Em velocidade máxima, também impressiona: é o primeiro Cayenne a ultrapassar a marca dos 300 km/h.

Porsche Cayenne Turbo GT 2022

A Porsche destaca que os engenheiros também fizeram um excelente trabalho no chassi. Na comparação com o Cayenne Turbo, o GT é 17 milímetros mais baixo e possui suspensão 15% mais rígida. Os acertos de direção, amortecedor e eixo traseiro também são exclusivos. O mesmo vale para o controle de estabilidade da carroceria, que agora funciona com um software de controle orientado para o desempenho. O resultado das mudanças é verificado principalmente em curvas a velocidades mais altas.

No visual, os diferenciais ficam por conta da nova pintura cinza ártico, pacote aerodinâmico, entradas de ar mais amplas, detalhes em fibra de carbono e aerofólio redesenhado. Destaque também para as rodas de 22 polegadas douradas e calçadas por pneus Pirelli P Zero Corsa desenvolvidos especialmente para o modelo. Por dentro, revestimentos em Alcântara, detalhes em preto fosco e sistema de entretenimento atualizado são as novidades.

O Cayenne Turbo GT estará disponível nas concessionárias da Europa a partir de setembro. O preço inicial sugerido é de 196.078 euros. No Brasil, já está disponível para encomenda com preço público sugerido a partir de R$ 1.199.000.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com