Novo SUV terá painel com saídas de ar horizontais e tela flutuante; modelo flagrado parece ser de uma versão básica ou intermediária

Principal lançamento da Fiat neste ano, o novo Pulse 2022 já começou a ser produzido em regime de pré-série na fábrica de Betim (MG). E depois de alguns flagras de sua carroceria, como a que publicamos na última terça-feira (13), o novo SUV teve seu interior flagrado pela primeira vez desde que começou a aparecer rodando nas ruas.

Publicada no Instagram pelo perfil @carroarretado, do jornalista Silvio Menezes, a foto nos revela que o novo Fiat Pulse 2022 contará com o mesmo painel do Argo, mas com mudanças suficientes para se distanciar do hatch. À primeira vista, vemos a central multimídia com uma tela flutuante de tamanho generoso e aparentemente maior do que a tela de 7 polegadas usada no hatch, além da saída de ar abaixo, que traz desenho horizontal (Argo e Cronos têm formato redondo).

Galeria: Fiat Pulse 2022 - Flagras

Nessa unidade flagrada arriscamos que seja uma versão intermediária ou até mesmo de entrada do novo Pulse. Isso porque o pequeno SUV traz chave convencional (certamente tipo canivete) em vez da esperada chave presencial – que está se tornando padrão em veículos deste tipo. A chave presencial com a partida por botão deve ficar para variantes mais caras. Além disso, o ar-condicionado não tem mostrador digital e acaba trazendo mais botões em relação ao hatch.

Apesar de não ser possível ver direito, o painel aparenta ter desenho diferente também. Aliás, podemos notar que o painel de instrumentos revela um conta-giros analógico e uma pequena tela digital, posicionado no centro do cluster, o que reforça a tese de ser uma versão mais básica do Pulse. O display parece ser pequeno, o que nos leva a crer a ser o conjunto TFT de 3,5 polegadas em vez de um quadro de instrumentos digital com tela de 7” configurável - ao menos é essa a diferença entre as configurações de entrada e topo do Argo.

 

O novo Fiat Pulse será feito com base na nova plataforma MLA, considerada uma evolução da arquitetura MP1 do Argo. Pensada para ter bom desempenho em testes de colisão como o do Latin NCAP, ela utiliza ações de alta resistência em sua composição. Apesar de ser considerada uma nova plataforma, sua distância entre-eixos é de 2.532 mm, apenas 11 mm mais comprida que a do hatch – o que nos leva a acreditar que o novo SUV não será referência em espaço interno.

Em relação a motorização, o novo modelo terá dois propulsores à disposição: um 1.3 aspirado flex de até 109 cv e 14,2 kgfm de torque (o conhecido Firefly usado no Argo e Cronos), além do inédito três cilindros 1.0 turboflex com aproximadamente 120 cv e 20 kgfm. O câmbio poderá ser manual ou automático do tipo CVT no modelo 1.3 e sempre automático convencional de 6 marchas no 1.0 turbo. Embora tenha somente tração dianteira, o novo Pulse vai pegar emprestado o recurso TC+ da picape Strada para poder enfrentar ao menos obstáculos leves e estradas de terra.

Quando falamos de equipamentos, a Fiat já confirmou alguns como quatro airbags e central multimídia com sistema de espelhamento sem fio via Android Auto e Apple CarPlay. O sistema terá ainda suporte ao aplicativo Fiat Connect Me, que permite comodidades como ligar o carro e travar as portas remotamente através do smartphone. Com chegada nas concessionárias esperada entre setembro e outubro, o novo Pulse ficará posicionado um pouco acima do Argo e tem preço estimado entre R$ 80 mil e R$ 110 mil.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com