Hatch médio compartilhará plataforma e motores com o modelo francês e deve contar com versão híbrida plug-in

O Astra fez o seu nome no Brasil até 2011, quando saiu de linha para dar espaço ao Vectra, mas segue bem vivo na Europa. A Opel, antes divisão europeia da Chevrolet e agora sob o comando da Stellantis, prepara a nova geração do hatchback, que já foi mostrado como um protótipo em março deste ano, e agora tem alguns teasers divulgados adiantando a apresentação nas próximas semanas, com um design próximo do GT X Experimental.

Três meses após a Peugeot revelar o novo 308, o novo Opel Astra prepara sua chegada com a mesma plataforma EMP2 do hatchback francês. Assim como foi o caso do Corsa, que tem muito em comum com o novo 208, o Astra aproveitará muitas peças e motores usados pelo 308, porém com um visual próprio que fará com que seja mais do que apenas uma versão rebatizada do seu primo francês.

Galeria: Opel Astra (2022) Teaser

O estilo exterior recebe toques semelhantes ao SUV Mokka, como os faróis de LED matrix ao lado da dianteira que a Opel chama de Vizor, originalmente encontrada no GT X Experimental Concept. Uma outra imagem divulgada mostra parte da traseira, revelando que o novo Astra seguirá uma tendência de design, ostentando seu nome por escrito no centro da tampa do porta-malas, semelhante aos seus rivais europeus VW Golf, Ford Focus e SEAT Leon.

No interior da cabine, a configuração de tela dupla também lembra o SUV compacto, com seu painel de instrumentos totalmente digital de 12 polegadas acompanhado por outra tela de 10 polegadas com sistema multimídia. Assim como no crossover, o display central é ligeiramente inclinado em direção ao motorista e existem alguns botões tradicionais na parte de baixo para acesso rápido.

O volante parece um pouco mais sofisticado e, ao mesmo tempo, diferente em comparação ao Peugeot 308. Esperamos que os controles que aparecem em preto brilhante sejam botões tradicionais, ao invés de teclas sensíveis ao toque que estamos começando a ver com mais frequência em outros carros. Embora pareça extremamente familiar, o logotipo no volante é na verdade uma versão atualizada, revelada no final de 2020.

A Opel manteve segredo em relação às especificações técnicas, mas confirma que o novo Astra será eletrificado pela primeira vez em 30 anos no mercado. Se for algo como o 308, esperamos dois modelos híbridos plug-in com tração dianteira, usando um motor elétrico de 110 cv e uma bateria de 12,4 kWh combinado a um motor 1.6 a gasolina, nas versões de 180 cv ou 225 cv de potência combinada. Ambas as variantes tem uma autonomia elétrica de 60 km.

O Astra híbrido plug-in deverá ter a companhia de uma versão normal.com um motor 1.2 turbo de três cilindros a gasolina e um motor a diesel 1.5, com opção de transmissão manual de 6 marchas ou automática de 8 posições. Existem rumores de que a Opel está trabalhando em um modelo esportivo OPC totalmente elétrico, com cerca de 304 cv e tração nas quatro rodas, mas nada é oficial neste momento.

A Opel diz que revelará a nova geração do Astra em breve, e vai trazer sua produção de volta à sua casa em Rüsselsheim, na Alemanha, ainda este ano. Enquanto isso, o Grupo PSA, antes da fusão com a Fiat-Chrysler para virar a Stellantis, disse que tinha planos de trazer a Opel de volta ao Brasil, mas não se sabe se essa ideia não mudou após a união das duas fabricantes.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com