Apresentação acontecerá às 11h no hotsite oficial do modelo. Estreia nas lojas será entre setembro e outubro

O penúltimo passo no longo lançamento do inédito SUV compacto da Fiat já tem data para acontecer. A marca italiana confirma que irá revelar o nome que o público escolheu para o modelo, que até então tem as opções Pulse, Tuo ou Domo. Apesar disto, a estreia de fato do crossover acontecerá somente no 2º semestre, entre setembro e outubro, posicionado abaixo do Jeep Renegade em preços e com o inédito motor 1.0 turbo da Stellantis.

Até o momento, não há qualquer indicação de qual pode ser o nome final para o SUV compacto da Fiat, conhecido até agora como Progetto 363. Algumas votações nas redes sociais mostram resultados diferentes, como Pulse ou Domo na frente. A Stellantis já fez o pedido de registro dos três batismos no mesmo dia, então não pode ser uma forma de descobrir o nome que já foi escolhido.

Galeria: Fiat 363 (#suvFiat)

As primeiras imagens oficiais foram reveladas há um mês, no mesmo dia da final do Big Brother Brasil 2021, onde o SUV compacto foi apresentado. Apesar de trazer alguns detalhes que lembram muito o Argo e até compartilhar algumas chapas, a Fiat diz que a plataforma chamada MLA foi tão alterada que não é possível dizer que que ainda tenha a ver com o Argo, usando aços de ultra-alta resistência e outras mudanças estruturais para atender as novas normas do Rota 2030 e obter um bom resultado no teste de colisão do Latin NCAP.

Irá além de ser o primeiro modelo do segmento oferecido pela Fiat no Brasil, também fazendo a estreia do 1.0 turbo de três cilindros baseado no 1.0 Firefly aspirado que já equipa o Argo. Seu desempenho ainda não foi revelado, mas o que circula pela mídia é que entregará cerca de 125 cv e 20 kgfm, usando uma transmissão automática de 6 marchas e a velha conhecida caixa manual de 5 posições. No caso das versões mais baratas, espere pelo 1.3 aspirado de 109 cv e 14,2 kgfm, que receberá um câmbio CVT como a opção sem pedal de embreagem.

Fiat - Plataforma MLA

Outra promessa da Fiat para o SUV compacto é que trará uma série de equipamentos para uma faixa maior de clientes, inclusive de assistência a condução. Se pensarmos no que aparece na picape Toro ou nos modelos da Jeep, e no que alguns de seus rivais oferece, como o VW Nivus, é possível que receba controle de cruzeiro adaptativo, assistente de permanência em faixa, frenagem automática de emergência e mais – mesmo que como opcionais. Também contará com conexão 4G Wi-Fi nativa (com uma mensalidade), central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay sem fio e compatibilidade com o app Fiat Connect Me, permitindo ligar o carro pelo smartphone.

O novo SUV compacto da Fiat está previsto para desembarcar nas concessionárias entre setembro e outubro, conforme apurado por Motor1.com. Os preços devem ficar entre R$ 80 e mil e R$ 110 mil, de forma que não bata de frente com o Jeep Renegade nas lojas, visto que a Stellantis quer manter a Jeep como uma opção mais refinada no segmento.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com