Uma linha BMW ainda mais enxuta e eficiente está chegando

A BMW está mantendo sua promessa de uma linha mais enxuta e eficiente - e agora com um prazo para isso. Anunciado pela primeira vez no ano passado por meio de comunicado à imprensa marcando o final do ano fiscal de 2019, o BMW Group, que inclui o MINI e o Rolls-Royce, está reduzindo as variações de motores e câmbios em 50%. Neste ano, a marca alemã deu um prazo para si mesma. Veja o que diz o comunicado à imprensa:

Estamos reduzindo a complexidade, com menos versões e menos motores - mantendo apenas aqueles para os quais há demanda real: cerca de metade das opções de motores a combustão atuais não serão mais oferecidas em 2025.

Galeria: BMW iX3 (2021) im Teste

O que isto significa? Que podemos esperar que a BMW reduza a quantidade de opções de conjuntos que oferece na linha atual. O BMW X3, por exemplo, tem quatro opções de powertrains, além do iX3 que é totalmente elétrico e construído na China. Com este compromisso recém-afirmado, esperamos que a montadora meça a necessidade para cada uma dessas opções, deixando apenas aquelas que realmente possuem demanda.

Em suma, se o mundo prefere BMWs totalmente elétricos aos convencionais, então que assim seja. É claro que essa decisão será determinada com números e pesquisas, mas podemos esperar que sejam feitas mais mudanças na programação da BMW dentro de alguns anos.

Nem precisamos mencionar que essa decisão está de acordo com o compromisso da fabricante em expandir a eletrificação em sua linha. A BMW relatou que o ano de 2020 deu um verdadeiro impulso aos seus veículos elétricos. As vendas de veículos elétricos aumentaram 13%, enquanto os híbridos plug-in aumentaram 40% - um aumento de um terço em relação ao que foi registrado em 2019.

Por fim, vale ressaltar novamente que a BMW não está esquecendo seus modelos de alto desempenho, e que a divisão BMW M teve seu melhor ano em 2020. Além disso, foi confirmada a fabricação um híbrido plug-in BMW M em 2019, e um modelo M totalmente elétrico também deve vir nos próximos anos.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com