Xiaomi está perdendo tempo, hein?

Se você pensou que o carro elétrico semi-autônomo da Apple já é uma ideia inovadora, prepare-se para se chocar ainda mais, pois outra gigante da tecnologia também estaria trabalhando em um veículo ou, mais precisamente, em uma família de veículos elétricos. A agência Reuters relatou em fevereiro que a Huawei está perto de entrar no ramo automotivo, e seus primeiros modelos devem ser lançados ainda este ano.

A publicação relata que quatro fontes com “conhecimento direto do assunto” compartilharam informações preliminares sobre os planos da Huawei de mergulhar nesta indústria. A empresa estaria em negociações com pelo menos duas montadoras chinesas para fabricar seus veículos elétricos.

Uma das empresas é a estatal Changan Automobile, que atualmente administra uma joint venture (empreendedorismo conjunto) com a Ford para a produção local do crossover elétrico Mustang Mach-EV. A publicação relata que a Huawei também conversou com o BluePark New Energy Technology, do BAIC Group, localizado em Pequim. Entretanto, nada específico sobre os planos de produção da empresa podem ser ditos no momento.

Apesar da publicação, um porta-voz da Huawei negou a informação em um comunicado à Reuters. “Huawei não é fabricante de automóveis. No entanto, por meio de ICT (tecnologia de informação e comunicação), pretendemos ser um fornecedor digital de componentes novos e orientados para o carro, permitindo que os OEMs (fabricantes de equipamentos originais) construam veículos melhores".

Três fontes da Reuters afirmaram que o projeto deve ser lançado antes do final de 2021. Há rumores de que os produtos terão como alvo o segmento de mercado de massa, com veículos elétricos projetados a preços acessíveis.

Dan Wang, analista de tecnologia da empresa de pesquisas Gavekal Dragonomics, disse à Reuters que as restrições dos Estados Unidos sobre semicondutores tem deixado a Huawei encurralada. “Faz sentido que estejam se voltando para setores menos intensivos, a fim de manter as operações", concluiu. 

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com