Carroceria cupê abrirá espaço para a produção da nova geração no Canadá

Na semana passada, a Honda confirmou o fim do Civic Si no Brasil mesmo após uma recente apresentação da linha 2020, com leves mudanças visuais e uma alteração no escalonamento do câmbio manual de 6 marchas, com relações 6% mais curtas. O motivo não é apenas o baixo volume de vendas no Brasil, mas algo que aconteceu nos Estados Unidos.

O Honda Civic Si era a única versão que não era produzida por aqui, mas sim no Canadá. Com a 11ª geração se aproximando do lançamento, a marca japonesa já prepara esta mesma planta para a produção do novo Civic e, desde 2020, não produz mais qualquer versão do cupê por lá - nem o esportivo Si nem outras variantes disponíveis em outros mercados. Algo que colaborou para esta decisão foram as baixas vendas deste tipo de carroceria no mercado norte-americano, representando apenas 6% desde 2016 - o hatchback, como referência, representa 24%. 

Por outro lado, a versão esportiva Si continuará existindo na 11ª geração. O próprio conceito apresentado do sedã carrega um estilo mais esportivo e deixou no ar se já não seria o novo Civic Si sedã, principalmente pelos para-choques com desenho mais agressivo e pelas rodas de 19". Além do sedã, a nova geração manterá a carroceria hatchback, mas não mais a cupê. A versão superesportiva Type-R também já foi vista em testes, mas só como hatch. 

Desde outubro do ano passado que nossos colegas do Motor1.com norte-americano falam também em dificuldades para encontrar o Civic Si em qualquer carroceria nas lojas. Na época, cerca de 3% dos Civic oferecidos no país nas lojas eram da versão esportiva. Isso mostra que a marca já "tirou o pé" da produção poucos meses depois da apresentação da reestilização no Brasil, em agosto de 2020. 

Será que teremos novamente o Civic Si no Brasil, mesmo que em uma outra carroceria? Ainda é um mistério, já que nem mesmo a produção local da 11ª geração foi confirmada ainda, podendo se tornar um produto importado. Nos Estados Unidos, a Honda tirou até mesmo o Fit de linha e deixou o HR-V como modelo de entrada (que também terá uma nova geração feita exclusivamente para aquele mercado). 

Ouça nosso podcast:

 

Galeria: Honda Civic Si 2020