Executivo da marca diz que fabricação no país vizinho irá focar em veículos comerciais

O início da produção da picape Renault Alaskan na fábrica em Santa Isabel (Argentina) será só o começo de uma nova fase para a marca no país. Pablo Sibilla, presidente da Renault Argentina, deu uma entrevista ao site Argentina Autoblog e disse que a fabricante estuda dois ou três projetos de veículos comerciais para o complexo - e que um deles deve ser mais uma picape.

A Renault terá uma estratégia no Brasil baseada na plataforma CMF-B para uma nova família de carros compactos e SUVs, usando a arquitetura também para a Nissan. O Argentina Autoblog questionou Sibilla sobre como seria a estratégia para a Argentina. O executivo explicou que o Brasil ficará com os veículos pequenos e médios, enquanto a Argentina irá focar nos comerciais, fazendo com que a produção dos dois países seja complementar.

Galeria: Renault Alaskan (Produção na Argentina)

Isto levou a outra pergunta, sobre a possibilidade de adicionar mais modelos à linha de montagem em Santa Isabel. Sibilla respondeu que a marca está estudando outros carros, citando a van Master como um exemplo de veículo comercial que chegou a ser cogitado para a Argentina; e o desempenho do Kangoo feito no país hermano, líder em seu segmento.

“Hoje nós temos dois ou três projetos que estamos analisando, sempre na linha de veículos comerciais, precisamente para terminar de consolidar nosso objetivo de ser uma referência na produção de veículos comerciais na América Latina”, afirma Sibilla. Perguntado se estes projetos estariam mais para o lado das vans ou das picapes, o executivo disse que ainda não estava definido, mas ele diria que está mais para o lado das picapes.

Isso leva a pergunta: qual picape poderia ser feita lá? A marca só tem a Alaskan e a Duster Oroch. A fábrica de Santa Isabel já montou o Sandero na geração atual, então possuem o maquinário para a plataforma B0. Com um investimento menor, poderia atualizar para fazer a versão melhorada da arquitetura usada pelo novo Duster e, assim, criar uma nova geração da Duster Oroch, nos moldes do que foi lançado na Romênia.

Galeria: Renault Duster Oroch 4x4