Versão topo de linha Extreme V6 agora custa R$ 234.890

A Volkswagen acaba de promover no Brasil reajustes nos preços praticados em todas as versões da picape Amarok. A partir de agora, o cliente interessado em fechar negócio e levar a camionete para casa terá de desembolsar até R$ 6.898 a mais do que na tabela anterior. Os novos valores já estão, inclusive, atualizados no configurador do site da marca.

No caso da versão de entrada S Cabine Simples com câmbio manual e motor 2.0 turbodiesel, o preço sugerido passou a ser de R$ 144.090 (aumento de R$ 4.140 na comparação com o anterior). Na sequência, a configuração SE Cabine Dupla encareceu R$ 5.360 e saltou para R$ 182.690. O câmbio também é manual e motor é o 2.0 turbodiesel (mas nesse caso com 180 cv, contra 140 cv da mais barata).

Galeria: Volkswagen Amarok 2020

Em posição intermediária na linha, a variante Comfortline 2.0 Automática agora tem preço sugerido de R$ 199.990, após aumento de R$ 5.778. Por sua vez, a versão Highline equipada com o mesmo conjunto mecânico subiu R$ 6.299 e agora está tabelada em R$ 217.390.

No topo da gama, os acabamentos equipados com motor 3.0 V6 de 225 cv acumularam os maiores aumentos. O modelo Highline encareceu R$ 6.499 e agora custa R$ 222.890, enquanto o Extreme teve preço reajustado em R$ 6.898 e agora não sai por menos de R$ 234.890.

Tabela de preços Amarok: 

VERSÃO PREÇO AUMENTO
Amarok S Cabine Simples MT R$ 144.090 R$ 4.140
Amarok SE Cabine Dupla MT R$ 182.690 R$ 5.360
Amarok Comfortline 2.0 AT R$ 199.990 R$ 5.778
Amarok Highline 2.0 AT R$ 217.390. R$ 5.778
Amarok Highline 3.0 V6 AT R$ 222.890 R$ 6.499
Amarok Extreme 3.0 V6 AT R$ 234.890 R$ 6.898

Fotos: Divulgação 

Fonte: Volkswagen