Picape adotará estilo mais parecido com a norte-americana Colorado

A próxima geração da Chevrolet S10 levará mais alguns anos para ser lançada, pois a marca ainda estuda unificá-la com a sua prima norte-americana Colorado, devendo chegar às concessionárias entre 2023 e 2024. Até lá, a General Motors trabalha em uma segunda reestilização para a atual geração da picape média, já avistada em testes e que agora ganhou uma projeção feita pelo nosso amigo Renato Aspromonte do OverboostBR. O lançamento mundial acontecerá no Brasil durante o 2º semestre.

Pelas fotos de flagra feitas até o momento, a Chevrolet S10 deve adotar linhas mais próximas da Colorado, principalmente na versão ZR2 do modelo norte-americano, elevando a posição da barra que divide a grade dupla para que a entrada de ar superior fique mais fina. Já a traseira manterá o desenho atual, tanto é que as unidades avistadas em testes nem estavam com cobertura na parte de trás. As projeções mostram um pouco de como será a nova frente e apostam em duas barras cromadas entre a gravatinha dourada da marca.

Galeria: Chevrolet S10 2021 e Trailblazer 2021 - Projeção

Ainda não vimos como será a cabine, mas esperamos por mudanças bem leves como a troca de materiais no acabamento e novas combinações de cores. Também deve receber mais equipamentos, entre eles estará a 3ª geração da central multimídia MyLink com internet 4G Wi-Fi nativa, que estreou no Cruze 2019 e será adotada por todos os modelos da marca no Brasil.

Na parte mecânica, a S10 deve manter o motor 2.5 de 206 cv e 27,3 kgfm como a opção flex, além do 2.8 turbodiesel de 200 cv e 51 kgfm, ambos com câmbio manual ou automático de 6 marchas. A tração pode ser 4x2 ou 4x4, dependendo da versão escolhida. Como é apenas um facelift e a GM já fez algumas mudanças na parte mecânica da picape no primeiro redesenho, em 2017, a marca não deve mexer novamente nos motores.

Galeria: Chevrolet S10 2021 - Flagra

Enquanto isso, a General Motors trabalha na nova geração da Chevrolet S10, prevista para depois de 2023.  A fabricante está investindo algo em torno de US$ 1,5 bilhão para desenvolver uma nova geração da plataforma GMT31XX, a ser usada tanto pela S10 global quanto pela Colorado. Para reduzir os custos, a marca considera unificar as picapes, com o mesmo design, componentes e motorizações.

Fonte: OverboostBR