Ganho vem com remapeamento do gerenciamento do motor e câmbio, por R$ 13.900, com garantia de 2 anos

Muitos criticaram os novos Polo e Virtus GTS por usarem o mesmo motor do T-Cross Highline, o 1.4 TSI de 150 cv, enquanto no exterior o Polo GTI tem o 2.0 TSI de 200 cv. Mas a Strasse traz pro Brasil o que a Volkswagen não trouxe. Assinado pela Oettinger, marca alemã especializada em modelos do Grupo VW, o pacote de preparação para os novos esportivos leva o 1.4 TSI a 200 cv.

O trabalho é feito apenas com o remapeamento das centrais de controle do motor e do câmbio automático de 6 marchas. A pressão de trabalho do turbo aumenta, assim como a alimentação de combustível, além de alterar os ciclos de refrigeração (necessário pelo aumento de potência) e a programação da velocidade das trocas das marchas. Segundo a Strasse, Polo e Virtus GTS chegam a 200 cv (50 cv a mais) e 37,7 kgfm de torque (12,2 kgfm a mais), números próximos do Golf GTI 2.0 turbo, 220 cv e 35,7 kgfm. Para marcar a modificação, os GTS recebem uma plaqueta da Oettinger na tampa traseira e no painel. 

O kit custa R$ 13.900, com garantia de 2 anos. Por ser um motor conhecido no mercado de preparação, principalmente no Golf MK7, existem preparadoras locais mais baratas e pacotes com mais potência por um custo menor (com a troca de turbo, retirada de catalisador e redimensionamento do sistema de escape), mas sem essa garantia e sem a grife da Oettinger. O cliente pode optar pela compra do carro em separado (R$ 99.470 para o Polo e R$ 104.940 para o Virtus) ou comprar o carro pronto diretamente da Strasse, inclusive com a opção de blindagem. 

VW Virtus GTS Oettinger
O VW Virtus GTS chega aos 200 cv com a reprogramação da central de controle do motor

O serviço pode ser feito no centro técnico da empresa, na capital paulista, ou em domicílio para clientes além dos 500 km de São Paulo.