Evento seria palco da estreia do novo Ford Bronco

O coronavírus fez mais uma vítima no mundo automotivo. Depois do Salão de Genebra ser cancelado e o Salão de Bangkok ser adiado, agora é a vez do Salão de Nova York mudar de data. A organização do evento anuncia que a feira, que deveria começar dia 10 de abril, agora acontecerá entre 28 de agosto e 6 de setembro.

“Estamos dando este passo extraordinário para ajudar a proteger nossos visitantes, expositores e participantes, do coronavírus", diz Mark Schienberg, presidente da associação de concessionárias de Nova York, que organiza o Salão de Nova York. "Por 120 anos, a regra de que 'o show deve continuar" fez parte de nosso DNA, e apesar da decisão de adiar a feira não seja fácil, nossa prioridade continuar a ser a saúde e bem estar de todos os envolvidos neste evento histórico. Nós já estamos conversando com muitos de nossos expositores e parceiros, e estamos confiantes de que as novas datas para a edição 2020 levarão a outro evento de sucesso."

A feira deveria acontecer entre os dias 10 e 19 de abril, enquanto os dias para a imprensa seriam um pouco antes disso. Seria o palco de algumas estreias importantes, como o novo Ford Bronco e sua versão menor Bronco Sport - este último previsto para o Brasil em 2021. A Volkswagen pretendia mostrar o SUV elétrico ID.4, mas rumores apontavam que a fabricante já havia adiado a apresentação para o Salão de Detroit, em junho.

Ford Bronco Sport Imagem Vazada Captura de tela

Este não é o primeiro caso de um Salão do Automóvel ser cancelado ou adiado por causa do COVID-19. O evento em Genebra foi cancelado, assim como o de Bucareste. O coronavírus também causou o adiamento dos Salões de Bangkok e Pequim. O evento na Tailândia foi o escolhido pela Nissan para revelar o Kicks reestilizado com o sistema híbrido e-Power, mas, até o momento, não sabemos se a marca japonesa apostará em uma apresentação online ou se irá adiar a estreia do crossover.

De acordo com as últimas informações do CDC (Centro de Controle de Doenças) dos Estados Unidos, há 647 casos confirmados do coronavírus no país e 28 mortes. O estado de Nova York é o segundo mais infectado, contabilizando 142 casos, enquanto Oregon lidera a lista com 162 pacientes confirmados.

Ocultar press releaseMostrar press release
Organizers Announce Rescheduling of 
2020 New York International Auto Show
 
As a result of the ongoing health concerns from the spread of the coronavirus in the region, the New York International Auto Show has been rescheduled to August 28 – September 6, 2020. Press days are August 26 & 27, 2020.
 
“We are taking this extraordinary step to help protect our attendees, exhibitors and all participants from the coronavirus,” said Mark Schienberg, president of the Greater New York Automobile Dealers Association, the organization that owns and operates the New York Auto Show.  
 
“For 120 years, ‘the show must go on’ has been heavily embedded in our DNA, and while the decision to move the show dates didn’t come easy, our top priority remains with the health and well-being of all those involved in this historic event. We have already been in communication with many of our exhibitors and partners and are confident that the new dates for the 2020 Show will make for another successful event,” Schienberg added.
 
With more than $330 million in economic benefit attributed to the annual New York International Auto Show, this event has a huge impact on the local and state economies including the thousands of workers who build the Show each year as well as the hospitality and related services industries that depend on it. It also has a direct impact on the hundreds of thousands of consumers who attend the 10-day event and use the Auto Show to make decisions on their next vehicle purchase. 
 
We are pleased with this new solution and would like to thank New York State Governor Andrew M. Cuomo and the Jacob K. Javits Convention Center for accommodating this change of date.  
 
The Show will provide more details in the coming weeks.