Crossover terá menos de 4 metros de comprimento e promete preços competitivos

Após quase dois anos sendo alvo constante de rumores e especulações, o tão comentado SUV sub-compacto da Renault para mercados emergentes agora ganha data de estreia. De acordo com o site Carandbike, a Renault apresentará a novidade na Índia no início do de 2020 e aproveitará a visibilidade do Auto Expo, no mês de fevereiro, para alcançar o grande público.

Como já dito, o modelo chegará ao mercado com a missão de ficar abaixo do Duster, rivalizando diretamente com Hyundai Venue, Maruti Suzuki Vitara Brezza, Ford EcoSport e Tata Nexon. A plataforma será a conhecida base modular CMF-A+, a mesma do Kwid e da minivan Triber.

Galeria: Conceitos Esquecidos: Renault Kwid Concept

Assim como os principais concorrentes, terá menos de 4 metros de comprimento (característica que rende vantagens tributárias na Índia) e apostará no design arrojado como principal chamariz. Além disso, focará na redução de custos e terá posicionamento acessível em termos de preço. Para tanto, a Renault compartilhará o máximo possível de peças para ganhar em economia de escala. Por dentro, por exemplo, o painel será muito parecido com o da Triber, tendo apenas diferenças leves na questão das cores e texturas. Na Renault, o projeto é conhecido pelo codinome HBC.

Sob o capô, o conjunto mecânico também será emprestado dos irmãos menores: motor 1.0 de três cilindros a gasolina e câmbio manual de 5 marchas. Posteriormente, assim como na Triber, a Renault ofertará um novo propulsor 1.0 turbo e acrescentará a opção de transmissão automatizada AMT. A tração será apenas dianteira.

As vendas serão iniciadas no mercado indiano em junho, cerca de quatro meses após a estreia pública. A chegada a outros mercados de economia emergente é bastante cogitada. Haveria espaço para um SUV com a plataforma do Kwid no Brasil?

Projeção: Kleber Silva

Fonte: Carandbike