Produzida na Argentina, nova geração terá preços revelados na Fenatran e chega às lojas até o fim do ano

Revelada em fevereiro de 2018, a terceira geração da Mercedes-Benz Sprinter está próxima de chegar ao Brasil. Ela já começou a ser fabricada na Argentina e foi apresentada oficialmente para o mercado brasileiro, ainda sem preços revelados. A van fará sua estreia pública na feira Fenatran, evento que começa no dia 13 de outubro em São Paulo.

Galeria: Mercedes-Benz Sprinter 2020 (Brasil)

Bem mais equipada e apostando em tecnologias como chave presencial e central multimídia, a nova geração da Mercedes-Benz Sprinter eleva o nível do segmento. Virá de série com direção elétrica, volante multifuncional, controle de estabilidade e partida por botão. Outra novidade presente em todas as versões é o assistente ativo de frenagem, que detecta objetos e pessoas na frente do veículo e freia automaticamente para evitar colisões.

As versões mais caras ainda recebem a central multimídia MBUX, mesma oferecida nos modelos convencionais como Classe C e S, por exemplo, compatível com Android Auto e Apple CarPlay. Por enquanto, a fabricante não confirmou se o sistema Mercedes Pro para gerenciamento de frotas será oferecido. Com este sistema, as empresas podem enviar dados direto para a multimídia, como novos endereços de entrega e ordens de serviço.

Mercedes-Benz Sprinter 2019
Mercedes-Benz Sprinter Interior Teaser

A novo Sprinter 2020 será vendida nas versões Furgão, Chassi e Passageiro, esta última nas configurações 9+1 e 15+1 passageiros. A motorização foi atualizada, com o 2.2 biturbo entregando 143 cv e 33,7 kgfm na versão 314 CDI Chassi ou Furgão, passando para 163 cv e 36,4 kgfm nas variantes 416 CDI e 516 CDI, ambas oferecidas nas três configurações de carroceria.

Todos os motores são associados ao câmbio manual de 6 marchas – ainda não há previsão para a chegada da caixa automática oferecida na Europa.