Agora o foco é criar motorizações elétricas

A Daimler, dona da Mercedes-Benz, irá interromper o desenvolvimento de motores a gasolina por tempo indeterminado, para focar em veículos elétricos e sistemas híbridos. A informação foi publicada pela revista alemã Auto Motor und Sport, citando Markus Schaefer, chefe de desenvolvimento da Daimler.

Galeria: Mercedes-Benz EQC - Test-drive em Frankfurt

Segundo a Auto Motor und Sport (traduzido via Google):

A Daimler está lançando sua nova geração de motores a combustão em vários modelos, como um novo motor de seis cilindros em linha para os Classe E e Classe S, além de seus SUVs - esta geração pode ser a última.

A Auto Motor und Sport diz que falou com Schaefer e ele sugeriu que os planos da Daimler para os próximos anos não tem nada sobre desenvolvimento de novos motores a combustão, embora ele diga que isso pode mudar. No momento, o foco da fabricante é desenvolver motorizações elétricas, e deixar os motores a gasolina e diesel de lado.

Tanto a Daimler quanto a Mercedes-Benz tem investido mais nos veículos elétricos. A Daimler, com sua grande linha de veículos comerciais, tem oferecido desde vans EV até caminhões de vários tamanhos e ônibus. Enquanto isso, a Mercedes-Benz iniciou a transição para elétricos. Começou com o SUV EQC e prepara o lançamento do crossover compacto EQB e do sedã EQS. E ainda tem a Smart, que passará a ser controlada pela Geely e oferecerá somente carros elétricos.