Nova geração será revelada em evento exclusivo

Após meses seguidos de teasers, informações extra-oficiais e divulgação constante de flagras, a nova geração do Volkswagen Golf se aproxima do lançamento oficial. E agora, a revista alemã Auto Bild que confirma o dia 24 de outubro como data para apresentação da oitava geração do hatchback. Como já previsto, será revelado em evento exclusivo (com transmissão a vivo para todo o mundo) e passará longe dos holofotes do Salão de Frankfurt, que acontecerá aproximadamente um mês antes. A estratégia da marca é reservar a visibilidade do evento para lançamento de outra importante novidade, o elétrico ID.3.

Galeria: Volkswagen Golf 2020 (projeção)

Ao deixar Frankfurt inteiramente para o elétrico, a VW argumenta que "dará à oitava geração do Golf a exclusividade que ela merece". Conforme já antecipado por flagras, o design não trará grandes rupturas em comparação com a atual filosofia da marca, sendo uma evolução sobre o que vimos hoje. A dianteira terá faróis mais finos compostos por lentes internas mais sofisticadas, enquanto a traseira adotará lanternas irregulares que se estreitam à medida que avançam sobre o porta-malas. Rumores indicam que o comprimento ficará na casa dos 4,30 metros e a distância entre-eixos terá aproximadamente 2,65 metros. O porta-malas deverá acomodar até 400 litros.

Volkswagen Golf 2020 - Teasers

Conforme já adiantado em esboços oficias, o painel das versões mais caras ganhará ainda mais refinamento e adotará uma série de telas digitais que substituirão praticamente todos os botões físicos existentes atualmente. Nesse sentido, o painel de instrumentos digital Active Info Display será de nova geração, o volante ganhará o desenho do T-Cross europeu e os únicos comandos serão os de acionamento do pisca-alerta entre as saídas de ar e pequenas teclas sensíveis ao toque logo abaixo da central multimídia dedicadas ao funcionamento do ar-condicionado. "A Volkswagen adotará uma filosofia clean", diz um informante.

Sob o capô, as versões convencionais contarão com os motores 1.0 TSI e 1.5 TSI usados atualmente, porém equipados com um sistema híbrido-leve de 48V que promete economizar 0,4 litros a cada 100 km. Haverá ainda oferta de propulsores 1.5 e 2.0 TDI (diesel) e 1.5 CNG (gás natural). As versões esportivas GTI e R terão à disposição o conhecido motor 2.0 TSI com potência de 300 cv e 400 cv, respectivamente.

Fonte: Auto Bild