Nova configuração terá motor 2.0 turbo flex de 250 cv

Após o lançamento do novo Range Rover Evoque na versão topo de linha P300 HSE R-Dynamic por até R$ 322.300, a marca inglesa apresenta a versão mais "barata" de seu SUV compacto, chamadas de P250, por R$ 281.600. Além do pacote de equipamentos, a diferença está no motor 2.0 turbo da família Ingenium, que aqui produz 250 cv e 37,2 kgfm de torque, além de aceitar o abastecimento de gasolina e etanol em qualquer proporção. 

Galeria: Range Rover Evoque 2020

Assim como a configuração mais cara, a opção de entrada utiliza o câmbio automático de nove marchas com sistema de tração integral automático Terrain Response 2, que no Range Rover Evoque evolui e ganha o modo de operação Auto, além dos modos de condução conhecidos anteriormente que atuam conforme a situação.

Na versão R-Dynamic SE P250, o Range Rover Evoque vem com faróis e lanternas em LEDs, bancos em couro elétricos, sistema multimídia com tela de 10", assistência de faixa, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, para-choques esportivos, rodas de 20", assistente de farol alto automático, tampa do porta-malas elétrica, bancos dianteiros elétricos com memória, painel de instrumentos em TFT 12,3", sistema de som Meridian, tela multimídia ativa e tela central para comando do ar-condicionado e funções do carro.

Range Rover Evoque 2020
Range Rover Evoque 2020

O Evoque já foi montado no Brasil, mas esta geração é importada da Inglaterra e não há previsão de voltar a ser nacionalizada - apesar da Land Rover dizer que a fábrica de Itatiaia (RJ) tem tecnologia e capacidade para a produção. O Range Rover Evoque R-Dynamic SE P250 já pode ser encomendado nas concessionárias da fabricante e chegará às lojas em outubro.