Geração C8 apresentada há apenas duas semanas já é sucesso

Apresentada há duas semanas, a nova geração do Chevrolet Corvette já pode ser considerada um sucesso de vendas. Em entrevista concedida ao site Autoblog, o chefe de design da General Motors, Mike Simcoe, confirmou que praticamente todo o volume programado para o primeiro ano de produção já foi reservado. "Está quase esgotado", completou. O curioso é que ainda não há nenhuma definição sobre os preços, o que torna a quantidade de interessados ainda mais impressionante. Na lista pedidos, vale lembrar, já há 8 unidades reservadas pela importadora Direct Imports que terão como destino o Brasil a partir do ano que vem.

Galeria: Chevrolet Corvette Stingray 2020

Nesta nova geração, o Corvette adota motor 6.2 V8, derivado do LT1 que alimentou o C7 Stingray, mas com profundas modificações, a começar pelo inédito posicionamento central-traseiro. Agora são entregues como padrão 497 cv, ou 502 cv nas versões equipadas com o pacote opcional Z51 Performance Package – um ganho considerável sobre os 466 cv do LT1. Por outro lado, os mais puristas certamente não gostarão do novo câmbio automático de dupla embreagem e 8 marchas, que será a única opção disponível. Os adeptos de caixas manuais terão de se contentar apenas com borboletas para trocas atrás do volante. E sim, toda força ainda vai exclusivamente para as rodas traseiras.

Segundo a Chevrolet, quando equipado com o pacote acima mencionado, o novo Corvette acelera de 0 a 96 km/h em menos de 3 segundos. Os números exatos ainda não são conhecidos, mas se você for um fã do Corvette, saberá que o C7 ZR1 atual atinge a marca de 100 km/h em 2,8 segundos. Isso significa que, pelo menos em um sprint curto, o novo modelo básico do C8 anda lado a lado com o mais poderoso "Vette" anterior.

Fonte: Autoblog