Propulsor que equipará modelos A45, CLA 45 e GLB 45 entregará 421 cv de potência

A Mercedes-AMG divulga nesta semana os primeiros detalhes a respeito do esperado motor 2.0 turbo de quatro cilindros da família M193. Descrito como o mais potente da história com produção em série na sua classe, o propulsor entregará até 421 cv (6.750 rpm) e 51 kgfm de torque (entre 5.000 e 5.250), sendo responsável por equipar os modelos A45, CLA 45 e GLB 45. Alguns devem lembrar que a Mitsubishi chegou a extrair 446 cv do motor 2.0 de quatro cilindros usado pelo Lancer Evolution FX-440 MR, mas a produção contemplou apenas 40 unidades e todas foram vendidas exclusivamente no Reino Unido.

Galeria: Mercedes-AMG M139 motor 4 cilindros

Além da versão de 421 cv (batizada de S), o M193 também terá uma variante ligeiramente mais mansa com 387 cv de potência e 48,9 kgfm de torque máximo. Segundo a AMG, o segredo para extrair tanta potência de um motor com apenas 2 litros de deslocamento está na montagem invertida (com coletor de admissão na dianteira e o turbo e coletor na traseira, permitindo um fluxo mais direto dos gases), bem como no uso de camisas do cilindros revestidos com um material que permite um acabamento espelhado. Além disso, há um inovador sistema de injeção direta com dois estágios de operação.

Apesar de tanta inovação, uma tradição foi mantida: a montagem artesanal. Segundo a empresa, cada unidade será produzida de acordo com as diretrizes da filosofia “One Man, One Engine”, onde os componentes serão encaixados manualmente por um mesmo técnico, que deixará seu nome gravado em uma placa no bloco ao final da montagem.

Fonte: Mercedes-AMG