Além do novo design, há amortecedores mais firmes e direção mais precisa

A Hyundai dá um passo em direção à entrada no segmento de SUVs esportivos com o lançamento do aguardado Tucson N Line. Flagrado por diversas vezes em testes de durabilidade e adiantado recentemente através de teasers, o modelo estreia pelas mãos da divisão esportiva da marca, sendo o primeiro utilitário esportivo da empresa a receber esse tipo de tratamento.

Hyundai Tucson N Line 2019

Chama a atenção justamente pelas exclusividades que traz no visual, como nova dianteira, novas rodas e logotipos, mas também pelo acerto dinâmico mais afinado com a proposta. Será vendido a partir de maio, inicialmente na Europa.

Entre os principais ajustes de estilo, destaque para grade frontal com grelha exclusiva e contornos acinzentados, para-choque com entradas de ar mais amplas, LEDs diurnos redesenhados, faróis com novas lentes e contornos escurecidos, rodas de 19 polegadas na cor preto brilhante e logotipo N Line nas laterais. Completam o pacote pintura também preta para o spoiler traseiro preto, o teto e as capas dos retrovisores. Por dentro, a lista de novidades inclui detalhes em costura vermelha, manopla do câmbio com acabamento exclusivo, pedais em alumínio, sistema de som Krell com 9 alto-falantes, teto panorâmico de vidro (opcional) e logotipos da divisão N.

Sob o capô, três opções de motores são oferecidas. A primeira é um 2.0 turbodiesel CRDi associado a um sistema híbrido-leve de 48V com potência final de 184 cv, seguida de um 1.6 CRDi com as mesmas configurações e, finalmente, um 1.6 T-GDI gasolina de 177 cv. O câmbio pode ser manual de 6 marchas ou automatizado de dupla embreagem e 7 relações, com tração nas quatro rodas oferecida opcionalmente. Para reforçar a proposta, a Hyundai diz que a equipe N deixou os amortecedores com acerto mais firme e modificou o software de direção elétrica.

Fotos: Divulgação