Na Europa, a Fiat ficou sem um representante no segmento de hatches compactos

Mike Manley assumiu a presidência da FCA após a morte de Sergio Marchionne, e parece que ele está mudando diversas decisões tomadas pelo falecido executivo. Alguns planos antigos parecem estar sendo retomados, como uma nova geração do Punto e até mesmo um novo 500 elétrico - lembrando que a marca já tomou prejuízo com a variante elétrica do subcompacto atual. 

O Salão de Genebra serviu de palco para a Fiat mostrar o que planeja para o futuro. O conceito Centoventi servirá de inspiração para a próxima geração do Panda, enquanto o site Autodato diz que o Punto não foi totalmente enterrado. Segundo o diretor de marketing da Fiat, Olivier François, o hatch pode voltar como um carro totalmente novo para o segmento de hatches compactos. 

Galeria: Fiat Punto Europa

Se no Brasil o Punto deu lugar ao Argo (assim como o Palio), na Europa ficou com as versões mais baratas do Tipo (um médio) a missão de ocupar esta lacuna. Mas parece que Manley não está feliz com isso e quer o Punto nas ruas novamente. Mais detalhes ainda não foram revelados, mas com o tempo parece que poderemos ver protótipos e apurar mais informações. 

Galeria: Fiat Punto - A história