Fabricante amplia liderança no segmento com 1,08 milhão de unidades

Quando olhamos para os números de vendas das picapes da Ford no mundo todo, fica fácil entender porque querem apostar ainda mais neste segmento. Segundo a montadora, ela vendeu 1.080.757 unidades da Série F ao longo de 2018, o equivalente a 1 unidade a cada 29,3 segundos. Foi a segunda linha mais vendida em 2018, perdendo somente para o Toyota Corolla e muito acima da Chevrolet Silverado, 14ª do ranking de carros e picapes mais vendidos.

Com o resultado de 2018, a Ford Série F mantêm a liderança do segmento de picapes pelo 42º ano consecutivo. Dentro da Ford, ela é o veículo mais vendido há 37 anos. Em comparação, o segundo colocado entre os modelos da empresa é o Ford Focus, que foi o 25º mais vendido no ranking geral, com 463.196 unidades.

A Série F contabiliza as versões F-150, F-250, F-350, F-450 e F-550, tanto com cabine dupla quanto cabine-chassi. Só nos Estados Unidos, a empresa vendeu 909.330 unidades. Não estranhe a fabricante somar as vendas de tantos modelos assim. É uma prática comum, já que outras empresas fazem o mesmo, contabilizando variantes. A Toyota, por exemplo, soma o Corolla sedã, hatchback e perua, além de variantes específicas em outros mercados.

A empresa ainda revela que a Série F tem uma receita próxima de US$ 50 bilhões, com um preço médio de US$ 46.700.  “Estamos orgulhosos e honrados em ajudar nossos clientes de picapes e veículos comerciais em todo o planeta a realizar o seu trabalho, com modelos que vão da Ranger à Transit. A Série F é líder mundial de vendas e referência em capacidade e tecnologia no segmento”, diz Jim Farley, presidente de mercados globais da Ford.

Fotos: divulgação e Donizetti Castilho

Galeria: Ford F-150 Raptor (BR)