Versão radical da picape veio ao Brasil se mostrar. E nós levantamos poeira com ela!

Após ver o sucesso do Mustang nas lojas brasileiras, a Ford parece ter aberto os olhos para sua gama de importados. Prova disso é que a marca do oval azul já iniciou a pré-venda do Edge ST no país e exibiu, a princípio para estudos, a F-150 Raptor no Salão do Automóvel de São Paulo.

Ford F-150 Raptor (BR)

A Raptor é a versão radical da F-150, picape de grande porte que é o "carro" mais vendido dos EUA há mais de 35 anos. Equipada com motor 3.5 V6 EcoBoost (turbo e injeção direta) de 456 cv e 70,5 kgfm de torque, a picapona tem câmbio automático de 10 marchas e suspensão dianteira com amortecedores Fox de alto rendimento e ajuste variável, além de rodas aro 17" de alumínio forjado com pneus 315/70 R17 BFGoodrich All-Terrain, de uso misto. 

A Ford aproveitou a estadia de duas unidades da Raptor no Brasil e nos convidou para acelerar uma delas no Campo de Provas da marca em Tatuí, no interior paulista. Foi uma volta rápida e num circuito de terra limitado, mas suficiente para ver (e sentir) que a picape é animal: motor de sobra, suspensão que aguenta pancada sem transferir para a cabine e uma dinâmica surpreendente para uma picape de 2,5 toneladas e quase 6 metros de comprimento. Usando apenas a tração traseira (também há os modos 4x4 e 4x4 reduzida), a Raptor é pura diversão, com muita vontade de andar de lado. 

Agora é torcer para que a recepção calorosa ajude a Ford Brasil a decidir pela importação da picape. 

Vídeo: Paulo Henrique Trindade  

 

Galeria: Ford F-150 Raptor (BR)