Variantes devem ser lançadas com a troca de geração da picape

A Ford estava indecisa sobre apostar em uma versão eletrificada da F-150 há um tempo, pensando se era melhor uma variante híbrida, elétrica ou mesmo se haveria espaço no mercado para algo assim. Parece que, com a nova estratégia de focar em SUVs e picapes, além de diversas startups anunciando planos para picapes elétricas, os executivos finalmente tomaram uma decisão.

“Nós iremos eletrificar a F-Series – elétrica e híbrida”, revelou Jim Farley, presidente de mercados globais da Ford, durante o Salão de Detroit (EUA). Farley ainda explicou que o movimento para eletrificar a F-Series a deixará pronta para o futuro. É uma movimentação comum, já que tanto a Chevrolet quanto a Toyota comentaram sobre a possibilidade de lançar versões híbridas de suas picapes.

A fabricante já teria até testado uma versão elétrica da F-150 e colocado para enfrentar algumas rivais, como Chevrolet Silverado e RAM 1500. A variante híbrida havia sido prometida para 2020 e deve ser lançada apenas alguns meses depois da nova geração da picape, que está no mercado desde 2015. Já a F-150 elétrica ficaria para depois de 2021.

Ford F-150 Raptor (BR)

Não há informações sobre a mecânica de nenhuma das duas. O mais próximo disso que encontramos é a nova geração do SUV Explorer, que usa um conjunto híbrido com o 3.3 V6 de 305 cv. No caso da F-150 elétrica, é bem possível que use alguns componentes do futuro SUV EV baseado no Mustang, mas usando um motor mais potente e baterias maiores, já que precisará de maior torque e energia por conta de seu tamanho e capacidade de carga.

Fonte: Detroit Free Press

Galeria: Ford F-150 Raptor (BR)