Picape é oferecida com cabines estendida e dupla em uma variada gama de versões

Após aproximadamente 7 anos de ausência, a Ford finalmente volta a comercializar a picape Ranger nos Estados Unidos. Produzida na fábrica do Michigan, a camionete começa a ser oferecida em uma variada gama de versões com preços entre US$ 24.300 e US$ 47.020 (R$ 94.225 e R$ 182.300, numa conversão direta). A carroceria pode ser estendida ou dupla, mas o conjunto mecânico é sempre o mesmo: motor 2.3 EcoBoost e câmbio automático de 10 marchas.

Ford Ranger 2019 - EUA
Ford Ranger 2019 - EUA

O preço mais em conta vale para a configuração XL com cabine estendida (SuperCab) e tração 4x2, enquanto o valor mais alto corresponde ao acabamento topo de gama Lariat cabine dupla 4x4 (SuperCrew). Clientes que quiserem equipar o modelo com itens adicionais terão de pagar por fora e optar pelos pacotes Chrome Appearance Package (que adicionais itens cromados, com para-choques), FX4 (detalhes off-road) ou Sport Appearance Package (itens de pegada esportiva. Os preços variam entre US$ 795 e US$ 1.295.

Ford Ranger 2019 - EUA

Na cabine, são opcionais equipamentos como sistema de som da Bang & Olufsen, sensor de chuva, partida remota e piloto automático. Os bancos e o painel podem vir nas cores bege ou preto e, neste caso, não há cobrança extra. Porém, para todos os modelos é cobrado o frete de US$ 1.095 (cerca de R$ 4.200).

Mais sobre a Ranger:

Diferenças em relação à Ranger sul-americana

Na comparação com a Ranger vendida no Brasil e produzida na Argentina, o modelo norte-americano traz exclusividades no desenho da grade (que lá varia de acordo com a versão), dos para-choques, das rodas e das lanternas. Além disso, os faróis trazem luzes mais sofisticadas e a paleta de cores é mais diversificada. O conjunto mecânico é mais moderno e a oferta de carrocerias inclui a variante estendida.

Fotos: Divulgação

Galeria: Ford Ranger 2019 - Estados Unidos