Um veículo italiano obviamente tem que ser o sinônimo de design e desempenho. Isso não é diferente na Lacama

Italianos, indiscutivelmente, tem um bom olhar para design – e eu não estou dizendo isso por ter descendência italiana, apenas lembre de todos os carros mais sexy que já viu e, na maioria das vezes, foi desenhado por um estúdio italiano. A capital fashion do mundo é Milan, onde até as pessoas são bonitas. Não é nenhuma surpresa que uma nova empresa da Itália esteja apostando em uma moto elétrica com grande foco no design. O problema é que o produto também vem com o preço de peça de designer famoso.

 
Italian Volt Lacama

Você já pensou que seria possível viajar por mais de 12 mil quilômetros em uma moto elétrica, a distância de Xangai (China) e Milão (Itália)? Bom, agora é. Nicola Colombo e Valerio Fumagalli, fundadores da Italian Volt, podem provar isso. Quatro anos após sua jornada épica pela Ásia, Colombo e Fumagalli lançam sua própria moto, a Lacama.

Leia também:

A Italian Volt Lacama tem bons números. Sua bateria de 15,1 kWh produz 95 cv e 21,1 kgfm de torque, o que faz com que a moto acelere de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos. Sua velocidade máxima é de 180 km/h e tem autonomia para 201 km. Definitivamente, são números muito atraentes. O problema é quanto eles irão custar: US$ 38 mil, ou seja, aproximadamente R$ 148 mil.

 

Seu design é realmente único, do tipo “ame ou odeie”. Seu perfil é bem corpulento, já que precisa ter mais espaço para carregar uma bateria boa o suficiente para mover seus 227 kg. O assento flutuante deixa a Lacama com uma aparência mais leve. A Italian Volt deixará que seus clientes personalizem suas motos graças à uma variedade de pinturas, assentos e mais. Eles planejam fazer apenas 25 unidades, todas produzidas manualmente, o que pode explicar o preço alto.

Quem mora no exterior já pode encomendar a Italian Volt Lacama, pagando um depósito de US$ 250. É uma pequena fração de seu preço total, mas vai te deixar mais próximo desta exótica, silenciosa e ecológica moto italiana. As entregas começam no ano que vem. Se estiver interessado, pode ser que você consiga comprar, já que a marca lista o Brasil no formulário para reservas e não diz nada sobre qualquer impedimento nas entregas (apenas esteja preparado para os impostos e burocracia).

Gallery: Italian Volt Lacama